{ads}

Até onde chega a ira de DEUS?

Leia outros artigos :

É importante ressaltar que, apesar da ira de Deus, Ele é também misericordioso, longânimo e paciente. Ele deseja conduzir as pessoas ao arrependimento e oferece a salvação através de Jesus Cristo, que nos livra da ira que há de vir


Detalhe de um afresco representando a Queda dos Anjos Rebeldes no teto de Santi Ambrogio e Carlo al Corso. A pintura foi criada pelo artista italiano Giacinto Brandi em 1677-1679.

 

A ira de Deus é um tema complexo e profundo nas escrituras sagradas. A Bíblia nos revela que Deus é um Deus justo e santo, e Sua ira é uma expressão de Sua justiça diante do pecado e da injustiça. No entanto, é importante entender que a ira de Deus não é um sentimento descontrolado ou irracional, mas sim uma resposta justa e necessária diante do mal.

A ira de Deus no Antigo Testamento:


No Antigo Testamento, vemos exemplos da ira de Deus sendo manifestada em diferentes situações. Deus se irou contra o pecado e a idolatria do povo de Israel, punindo-os com juízos e disciplina .
A ira de Deus também foi direcionada a nações ímpias e injustas que oprimiam o Seu povo, como vemos nos profetas do Antigo Testamento .
No entanto, mesmo em Sua ira, Deus sempre oferecia oportunidades de arrependimento e misericórdia para aqueles que se voltassem para Ele .

A ira de Deus no Novo Testamento:


No Novo Testamento, vemos a ira de Deus sendo revelada principalmente em relação ao pecado e à rejeição de Jesus Cristo como Salvador. A rejeição da salvação em Cristo resulta na ira de Deus sobre aqueles que persistem no pecado e na incredulidade .
No entanto, o Novo Testamento também nos ensina sobre a misericórdia e o amor de Deus, que oferece a salvação e o perdão através de Jesus Cristo. A ira de Deus não é o Seu atributo principal, mas sim uma resposta justa diante do pecado.

A extensão da ira de Deus:


A Bíblia não nos dá uma resposta definitiva sobre até onde a ira de Deus pode chegar. No entanto, sabemos que a ira de Deus é justa e proporcional ao pecado e à injustiça .
Deus é paciente e longânimo, dando oportunidades para o arrependimento e a reconciliação. Ele deseja que todos se voltem para Ele e sejam salvos .
A ira de Deus também está relacionada ao juízo final, quando Ele trará justiça completa e final sobre o pecado e a injustiça .

Como a ira de Deus é descrita na Bíblia?

A ira de Deus é descrita na Bíblia de diversas maneiras, utilizando termos como "cólera", "furor", "ódio" e "ira". Esses termos são traduzidos do hebraico e do grego, e estão relacionados à manifestação da justiça retributiva de Deus [1].

Na Bíblia, a ira de Deus é descrita como:


Detestação do pecado: A ira de Deus revela que Ele detesta de forma absoluta o pecado, pois Ele é plenamente santo e justo .

Manifestação da justiça: A ira de Deus é a manifestação de Sua justiça retributiva. Ele recompensa o obediente e castiga o desobediente .

Consequências do pecado: A Bíblia ensina que o pecado sempre precisa ser punido, e que o salário do pecado é a morte. Isso inclui tanto a morte física quanto a morte espiritual, que resulta na morte eterna .

Fogo inflamado: A ira de Deus é frequentemente descrita como um fogo que se acende por causa do pecado. Essa imagem simboliza a intensidade e o poder da ira divina .

Exemplo no Antigo Testamento: No Antigo Testamento, encontramos muitas descrições da ira de Deus sendo inflamada em resposta aos pecados do povo da aliança, que quebravam o juramento com Deus ao cometerem imoralidades e adotarem a idolatria .

Manifestação no Novo Testamento: O Novo Testamento também ensina sobre a ira de Deus. Jesus afirmou que a ira de Deus permanece sobre aqueles que o rejeitam, e o apóstolo Paulo explicou que a ira de Deus é revelada contra a impiedade e injustiça dos homens .

Dia do Senhor: A Bíblia também ensina que a ira de Deus será plenamente revelada no "Dia do Senhor", que será o dia da Sua ira. Esse momento será a consumação da História
AR News
Continue a leitura do texto após o anúncio:
Confira>> Últimas Notícias 🌎

Qual é a relação entre a ira de Deus e o juízo final?

A relação entre a ira de Deus e o juízo final é que a ira de Deus é uma das razões pelas quais ocorrerá o juízo final. A ira de Deus é um atributo divino que se manifesta contra a impiedade e a injustiça dos seres humanos . No contexto do juízo final, a ira de Deus será expressa como um julgamento final sobre aqueles que rejeitaram a salvação em Cristo e persistiram no pecado.

Aqui estão alguns pontos importantes sobre a relação entre a ira de Deus e o juízo final:

A ira de Deus como consequência do pecado: A ira de Deus é uma resposta justa e necessária ao pecado humano. A Bíblia ensina que todos pecaram e estão destituídos da glória de Deus (Romanos 3:23). A ira de Deus é uma expressão do seu caráter santo e justo diante do pecado.

O juízo final como manifestação da ira de Deus: No juízo final, Deus irá julgar todas as pessoas de acordo com suas obras e decisões nesta vida. Aqueles que rejeitaram a salvação em Cristo e persistiram no pecado enfrentarão a ira de Deus no juízo final. Será um momento de prestação de contas e justiça divina.

A justiça de Deus no juízo final: O juízo final é uma expressão da justiça de Deus. Ele julgará cada pessoa de acordo com suas obras e decisões. Aqueles que escolheram seguir a Deus e aceitar a salvação em Cristo serão justificados e receberão a vida eterna. Aqueles que rejeitaram a salvação e persistiram no pecado enfrentarão a condenação eterna.

A salvação como escape da ira de Deus: A boa notícia é que Deus oferece uma maneira de escapar de sua ira e do juízo final. Através da fé em Jesus Cristo e de sua obra redentora na cruz, podemos ser perdoados e reconciliados com Deus. A salvação em Cristo nos liberta da ira de Deus e nos dá a esperança da vida eterna.

Em resumo, a ira de Deus e o juízo final estão relacionados no sentido de que a ira de Deus é uma das razões pelas quais ocorrerá o juízo final. No juízo final, Deus julgará todas as pessoas de acordo com suas obras e decisões, e aqueles que rejeitaram a salvação em Cristo enfrentarão a ira de Deus. No entanto, através da fé em Jesus Cristo, podemos escapar da ira de Deus e receber a salvação e a vida eterna.

Siga-nos

Em resumo, a ira de Deus é uma expressão de Sua justiça diante do pecado e da injustiça. Embora a Bíblia não nos dê uma resposta definitiva sobre até onde a ira de Deus pode chegar, sabemos que Ele é justo e misericordioso, oferecendo oportunidades de arrependimento e salvação através de Jesus Cristo.
📙 GLOSSÁRIO:

🖥️ FONTES :
Com Agências :

NOTA:
O AR NEWS publica artigos de várias fontes externas que expressam uma ampla gama de pontos de vista. As posições tomadas nestes artigos não são necessariamente as do AR NEWS NOTÍCIAS.
🔴Reportar uma correção ou erro de digitação e tradução :Contato ✉️
Continue a leitura no site após o anúncio:

Postar um comentário

0 Comentários
* Por favor, não faça spam aqui. Todos os comentários são revisados ​​pelo administrador.