Maceió-AL

Por que algumas pessoas jamais pegam Covid-19 ?

Veja também

omicron
omicron



Existem 4 possíveis razões pelas quais algumas pessoas não ficam doentes:



1. A imunidade cruzada dos quatro coronavírus humanos endêmicos é uma hipótese.

 Esses outros coronavírus causam muitos resfriados que as pessoas pegam e podem estimular a resposta das células B e T a esse novo coronavírus em algumas pessoas.
Ainda não há evidências convincentes de uma forma ou de outra. Mas, as doenças infecciosas geralmente estimulam uma memória imunológica de longo prazo que pode fornecer alguma assistência.
Também é possível que as pessoas não tenham percebido que tiveram uma infecção prévia por COVID assintomática e ganharam memória celular imunológica suficiente para oferecer alguma proteção.


2. Múltiplas variações genéticas podem tornar o sistema imunológico de alguém mais ou menos suscetível ao vírus.

“Acho que provavelmente há algo próximo de 20 genes diferentes já descritos que afetam a probabilidade de desenvolver infecção grave”.
Uma predisposição genética para não se infectar “é vista em outras doenças em que as pessoas têm um ou vários fatores que interferem na ligação do vírus às células ou no transporte”, diz Gigi Gronvall, imunologista e pesquisadora sênior do Johns Hopkins Center for Health.

Este campo em rápida evolução oferece pesquisas promissoras, mas “realmente ainda não está pronto para o horário nobre”.

3. A imunidade da mucosa pode desempenhar um papel pouco reconhecido na montagem de uma defesa.

Se o sistema mucoso de alguém é saudável e capaz de responder a uma variedade de patógenos invasores, “geralmente, ele combate a infecção antes que o sistema imunológico envolvendo anticorpos e células T e todas essas outras coisas tenham tempo de intervir”.
Esta também é uma razão pela qual os especialistas dizem que vacinas nasais e reforços estão sendo explorados como uma possível parte do regime, já que a “vacina pode funcionar melhor se for introduzida pela mesma rota que o próprio patógeno segue”.

4. Onde o vírus se instalou no corpo humano, quão grande era a partícula, a quantidade e duração da exposição, quão boa era a ventilação e outras circunstâncias ambientais também podem desempenhar um papel.

Conclusão: Vacinação e reforços , uso de máscaras , lavagem das mãos e boa ventilação continuam sendo nossas ferramentas mais importantes na prevenção de infecções ou na mitigação dos sintomas.

A pesquisa sobre a coorte “nunca COVID” é importante para possíveis contramedidas médicas, mas “espero que as pessoas não pensem que são sobre-humanas” e protegidas contra o SARS-CoV-2 apenas porque ainda não o tiveram! .

🔵 Acompanhe nosso blog site no Google News  para obter as últimas notícias 📰 aqui
  🔴Reportar uma correção ou erro de digitação e tradução :Contato

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
–>