Maceió-AL

Vacinação não é suficiente para deter a pandemia por Covid-19 em Cuba

Veja também

Mulheres grávidas fazem fila para receber a vacina cubana Abdala contra COVID-19 em uma clínica em Havana. (Foto AP/Ramon Espinosa)
Mulheres grávidas fazem fila para receber a vacina cubana Abdala contra COVID-19 em uma clínica em Havana. (Foto AP/Ramon Espinosa)


O ministro da Saúde Pública de Cuba, José Ángel Portal Miranda, esclareceu esta terça-feira que a vacinação não é suficiente para travar a pandemia, e que a situação no país com infecções por Omicron continua preocupante, após declarações do governante Miguel Díaz- Canel que afirmou o contrário.

"O alerta para a ameaça do vírus, ninguém duvida, continua a ser constante no país e não podemos baixar a guarda em momento algum. Quem pensa que o nível de imunidade que atingimos com a campanha de vacinação é suficiente para fazer a epidemia desaparecer, está completamente errado", disse o chefe da Saúde em um artigo publicado no site do MINSAP.

No domingo passado, em uma reunião do Partido Comunista em Cienfuegos, o presidente Díaz-Canel afirmou que "a Omicron não se comportou em Cuba como no resto do mundo", algo que, em sua opinião, "não teria acontecido sem nosso atual nível de imunização.

🔵 Siga nosso blog site no Google News  para obter as últimas atualizações 📰 aqui

      Mas em Cuba, o contágio por Covid não para 

Esta terça-feira, o MINSAP registou 2.764 novos casos de COVID-19 e mais seis óbitos. Em menos de um mês até agora em 2022, a ilha acumulou mais de 60.000 infecções, bem acima das 3.845 relatadas em dezembro passado.

O Portal Miranda não foi tão otimista no seu artigo, explicando que, "com o registo de 22.919 novos doentes, a semana que acaba de terminar é a quinta em que a subida do diagnóstico de doentes continuou consecutivamente, e a sexta em que também se mantém o aumento de pessoas admitidas por estarem infectadas com SARS-CoV-2.

Fonte: Marti notícias


  🔴Reportar uma correção ou erro de digitação e tradução :Contato

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
–>