-->

{ads}

A cabeça da Serpente: Milhares de pessoas em todo o Irã protestam contra EUA e Israel

Leia outros artigos :

irã


Neste sábado, milhares de cidadãos iranianos reuniram-se em várias partes do Irã para expressar seu repúdio aos Estados Unidos e a Israel, enquanto demonstravam solidariedade ao povo palestino na Faixa de Gaza, devastada pela guerra. Os manifestantes, diante da antiga embaixada dos EUA em Teerã, proferiram palavras de ordem como "Abaixo os EUA" e "Abaixo Israel". Em um gesto simbólico, uma efígie do primeiro-ministro israelense, Benyamin Netanyahu, foi incendiada, juntamente com as bandeiras dos Estados Unidos e de Israel.

Mulheres iranianas vestidas de preto empunhavam sinais de vitória, suas mãos adornadas com a imagem da bandeira palestina. Estes protestos ecoam as crescentes tensões entre o Irã e os Estados Unidos, intensificadas pelos ataques ocorridos em 7 de outubro contra Israel. Estes ataques, perpetrados por terroristas armados do Hamas, aliado próximo do Irã, resultaram, segundo autoridades israelenses, na perda trágica de cerca de 1.400 vidas, em sua maioria civis, e no sequestro de mais de 240 reféns.

Desde então, Israel lançou ataques aéreos e enviou tropas terrestres à Faixa de Gaza, agravando ainda mais o conflito. O Ministério da Saúde do território controlado pelo Hamas afirma que 9.488 pessoas perderam a vida, incluindo aproximadamente dois terços de mulheres e crianças.

Em declarações feitas no sábado, o presidente do parlamento iraniano, Mohammad Bagher Ghalibaf, saudou o ataque do Hamas a Israel como "um ponto de viragem" histórico. Ghalibaf afirmou que, independentemente das ações dos Estados Unidos e do regime sionista (Israel), a situação após a operação 'Inundação de Al-Aqsa' nunca mais será a mesma.

Esses eventos coincidiram com o "dia da luta contra a arrogância global" da República Islâmica. Em 4 de novembro de 1979, iranianos invadiram a embaixada dos EUA em Teerã, mantendo 52 diplomatas americanos como reféns por 444 dias, um marco que ressoa na memória coletiva do país.
AR News
Continue a leitura do texto após o anúncio:
Confira>> Últimas Notícias 🌎

Siga-nos


📙 GLOSSÁRIO:

🖥️ FONTES :
Com Agências :

NOTA:
O AR NEWS publica artigos de várias fontes externas que expressam uma ampla gama de pontos de vista. As posições tomadas nestes artigos não são necessariamente as do AR NEWS NOTÍCIAS.
🔴Reportar uma correção ou erro de digitação e tradução :Contato ✉️
Continue a leitura no site após o anúncio:

Postar um comentário

0 Comentários
* Por favor, não faça spam aqui. Todos os comentários são revisados ​​pelo administrador.