{ads}

Israel concordou em adiar invasão terrestre de Gaza a pedido dos EUA

Leia outros artigos :

Israel concordou em adiar temporariamente a invasão terrestre planejada de Gaza a pedido dos Estados Unidos, permitindo que os EUA reforçassem as defesas aéreas na região do Oriente Médio, segundo um relatório de quarta-feira.
Tropas das FDI treinam em um exercício militar nas Colinas de Golã em 23 de outubro de 2023 (Michael Giladi/Flash90)


Desde o início do conflito em Gaza, representantes apoiados pelo Irã lançaram pelo menos 13 ataques contra bases dos EUA no Iraque, Síria, Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos, ferindo dezenas de soldados americanos. O Pentágono está acelerando o envio de cerca de uma dúzia de novos sistemas de mísseis Patriot para proteger as tropas contra futuros ataques.

Autoridades dos EUA e israelenses disseram ao Wall Street Journal que os novos sistemas deverão estar totalmente operacionais até o final desta semana. Os Estados Unidos convenceram Israel que aguardasse a conclusão do reforço antes de iniciar a invasão em larga escala em Gaza.

Além dos apelos dos EUA, Israel também teria considerado esforços em curso para fornecer ajuda humanitária em Gaza e liberar reféns, segundo as fontes. Todos esses fatores contribuíram para a decisão de adiar temporariamente a ofensiva terrestre.

AR News
Continue a leitura do texto após o anúncio:
Confira>> Últimas Notícias 🌎

Siga-nos


📙 GLOSSÁRIO:

🖥️ FONTES :
Com Agências :

NOTA:
O AR NEWS publica artigos de várias fontes externas que expressam uma ampla gama de pontos de vista. As posições tomadas nestes artigos não são necessariamente as do AR NEWS NOTÍCIAS.
🔴Reportar uma correção ou erro de digitação e tradução :Contato ✉️
Continue a leitura no site após o anúncio:

Tags

Postar um comentário

0 Comentários
* Por favor, não faça spam aqui. Todos os comentários são revisados ​​pelo administrador.