Maceió-AL

Os 11 Supremos: Brasil Paralelo - episódio final , a Verdadeira história de Alexandre de Moraes - vídeo

Veja também

Alexandre de Moraes
Alexandre de Moraes

“Não iremos tolerar assédio eleitoral”, disse o ministro Alexandre de Moraes. 

Uma resolução apresentada pelo ministro Alexandre de Moraes e aprovada por unanimidade pelo Tribunal Superior Eleitoral , pode solicitar diretamente às redes sociais para tirar do ar conteúdos com "desinformação". Se as plataformas não agirem em até 2 horas, estão sujeitas à multa de R$ 100 mil a R$ 150 mil. 

O Artigo 220 da Constituição Federal de 1988

Constituição Federal de 1988

Nós, representantes do povo brasileiro, reunidos em Assembléia Nacional Constituinte para instituir um Estado Democrático, destinado a assegurar o exercício dos direitos sociais e individuais, a liberdade, a segurança, o bem-estar, o desenvolvimento, a igualdade e a justiça como valores supremos de uma sociedade fraterna, pluralista e sem preconceitos, fundada na harmonia social e comprometida, na ordem interna e internacional, com a solução pacífica das controvérsias, promulgamos, sob a proteção de Deus, a seguinte CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL.
Art. 220. A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo não sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição .
§ 1º Nenhuma lei conterá dispositivo que possa constituir embaraço à plena liberdade de informação jornalística em qualquer veículo de comunicação social, observado o disposto no art. 5º, IV, V, X, XIII e XIV.
§ 2º É vedada toda e qualquer censura de natureza política, ideológica e artística.





Logo AR NEWS NOTÍCIAS 24 horas
AR NEWS NOTÍCIAS 24 horas

AR NEWS:  Brasil, Maceió , 20/10 de 2022





A História da Brasil Paralelo

Os fundadores do Brasil Paralelo, Lucas Ferrugem, Henrique Viana e Filipe Valerim


O grupo ganhou projeção nacional no início do ano passado com o lançamento do documentário “1964: O Brasil Entre Armas e Livros“, filme que apresentou uma perspectiva polêmica sobre o período que abrange a ditadura militar no país. Com a repercussão do filme, o Cinemark chegou a afirmar, em abril de 2019, que foi um erro exibir o longa nas salas da rede. À época, o site chegou a pedir boicote da empresa.

🔵Para as últimas manchetes, siga nosso canal do Google Notícias on-line ou pelo aplicativo.  📰 aqui

A série “Os 11 Supremos”

 “A gente se dedicou em fazer um trabalho bem jornalístico e bem apurado, que na verdade compila coisas que já foram ditas sobre os ministros, mas nós organizamos isso tudo em uma linha do tempo sobre cada um deles”, explicou Ferrugem. Ele comentou ainda que o teor político nos cargos de ministros do STF está presente nos episódios da série. “Quando falamos dos ministros do Supremo Tribunal Federal, eu me criei entendendo que aquelas características de notório saber e conduta ilibada eram inegociáveis e quando verificamos algumas trajetórias, percebemos alguns ministros não possuem essas qualidades. (…) Isso nos choca. O critério de seleção do STF é bastante político.”


Continue a leitura após o anúncio:
Confira  Últimas Notícias 🌎

Viana rebateu que o grupo seja alinhando ao governo de Jair Bolsonaro, e coloco a verdade como principal valor do Brasil Paralelo. “Ideologia é quando você fecha um conjunto de ideias e passa a defender aquilo para o mundo. (…) Acabou caindo para nós essa missão de falar sobre esses assuntos, as pessoas querem esses assuntos, não fomos nós que despertamos esse interesse. E a gente se dispôs a fazer esse trabalho. A grande surpresa foi esse trabalho ser reconhecido.”


Censura prévia ao documentário “Quem mandou matar Jair Bolsonaro?”, da Brasil Paralelo


O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) fez censura prévia ao documentário “Quem mandou matar Jair Bolsonaro?”, da Brasil Paralelo, que seria lançado no próximo dia 24. A decisão é do ministro do TSE Benedito Gonçalves e atende a um pedido do Partido dos Trabalhadores (PT). O conteúdo, que faz parte da série "Investigação Paralela", não poderá ser exibido até o dia 31 de outubro, sob pena de multa diária de R$ 500 mil.

A Verdadeira história de Alexandre de Moraes - vídeo



📙 GLOSSÁRIO:


🖥️ FONTES :
 Texto Ipsis Litteris Jovem Pan News
Com Agências

O AR NEWS publica artigos de várias fontes externas que expressam uma ampla gama de pontos de vista. As posições tomadas nestes artigos não são necessariamente as do AR NEWS NOTÍCIAS.
🔴Reportar uma correção ou erro de digitação e tradução :Contato ✉️

  Continue a leitura no site após o anúncio:

Os 11 Supremos: Brasil Paralelo - episódio final , a Verdadeira história de Alexandre de Moraes - vídeo Rating: 5 out of 5




Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
–>