Maceió-AL

Casos de febre hemorrágica da Crimeia-Congo no Iraque - Atualização

AR NEWS NOTÍCIAS  17 de junho de 2022
Febre hemorrágica da Crimeia-Congo. Micrografia eletrônica de varredura de partículas virais da febre hemorrágica da Crimeia-Congo (CCHF) (amarelo) brotando da superfície de células epiteliais cultivadas de um paciente. (Foto por: IMAGE POINT FR/NIH/NIAID/
febre hemorrágica da Crimeia-Congo 


Na quarta-feira, as últimas estatísticas oficiais divulgadas pelo Centro Nacional de Prevenção e Controle de Doenças Transmissíveis do Iraque no Departamento de Saúde Pública registraram 171 casos confirmados de febre hemorrágica, incluindo 32 mortes, desde o início de 2022.
🔵 Acompanhe nosso blog site no Google News  para obter as últimas notícias 📰 aqui

“Mais da metade desses casos foram recuperados depois que a doença foi detectada em um estágio inicial. A província de Dhi Qar registrou a maioria dos casos com 66 casos, incluindo 17 mortes, seguido por Maysan com 22 casos, Wasit com 18 casos e Babil com 16 casos”, segundo o porta-voz do Ministério da Saúde, Saif Al-Badr.

Além disso, ele observou que casos também foram registrados nas províncias de Al-Muthanna, Al-Diwaniyah, Bagdá, Karbala, Basrah, Kirkuk, Nineveh, Najaf, Erbil, Diyala e Dohuk.

Ele disse: “A não implementação das medidas preventivas e recomendações do Ministério da Saúde, acompanhamento de casos, controle do inseto, bem como tratamento de animais infectados leva à sua disseminação, explicando que o papel do Ministério da Saúde é precoce. detecção da doença através do laboratório central de saúde pública e a prestação de cuidados médicos”.

Al-Badr sublinhou: “Não existe vacina para esta doença, mas a aplicação do protocolo pelo ministério provou a sua eficácia”, salientando que “o importante na febre hemorrágica é diagnosticar o caso precocemente quando  aparecem os sintomas iniciais, que são altas temperaturas e dores em várias áreas do corpo. Cefaleia e cólica intestinal, quando diagnosticadas nesta fase e com tratamento, a possibilidade de recuperação é muito alta, mas se chega ao estágio de sangramento subcutâneo, chega ao estágio de perigo.

Mais sobre febre hemorrágica da Crimeia-Congo

🟢Confira  Últimas Notícias 🌎


🔴Reportar uma correção ou erro de digitação e tradução :Contato ✉️

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem