Maceió-AL

Morreu de Covid : Padre anti-vax afirmava que vacinas eram feitas de 'embriões abortados'

Veja também

padre

"Elevado ao céu " : Padre antivacinas morre de Covid com sua crença 

Don Paolo Romeo teria ignorado os apelos de amigos e colegas para ser vacinado antes de ficar doente, passando um mês no hospital antes de morrer aos 51 anos de COVID-19.


🔵 Acompanhe nosso blog site no Google News  para obter as últimas notícias 📰 aqui

      Um padre italiano que evitou as vacinas COVID-19 pela falsa crença de que elas continham “embriões abortados” morreu aos 51 anos depois de lutar contra o coronavírus por várias semanas.
Dom Paolo Romeo resistiu aos apelos para se vacinar de amigos e colegas que tentaram falar com ele, segundo o jornal L'Unione Sarda .

Romeo, que serviu como pároco na Abadia de Santo Stefano, em Gênova, se apegou à teoria da conspiração defendida pelos seguidores do arcebispo católico francês Marcel François Marie Joseph Lefebvre: que as vacinas são feitas usando células de embriões abortados.

(Esta afirmação é falsa e foi desmascarada até mesmo pela Conferência dos Bispos Católicos dos Estados Unidos, que observou em um comunicado divulgado em janeiro que “nem a Pfizer nem a Moderna usaram uma linha celular derivada do aborto no desenvolvimento ou produção da vacina”. ) Linhagens de células fetais, que são cópias clonadas de células retiradas de abortos eletivos que foram realizados décadas atrás, foram usadas nos testes de vacinas e têm sido frequentemente usadas para testar drogas amplamente utilizadas como ibuprofeno e aspirina.

Mas até o Vaticano enfatizou que as vacinas COVID-19 são “moralmente aceitáveis” e “podem ser usadas em sã consciência” durante a pandemia.

Romeu se recusou a ser influenciado, no entanto, e continuou a celebrar a missa apesar da disseminação de infecções por coronavírus. Ele foi diagnosticado com o vírus em janeiro e foi internado em um hospital perto de sua igreja depois que sua saúde se deteriorou rapidamente, segundo relatos locais.

A Abadia de Santo Stefano prestou homenagem a ele nas mídias sociais após sua morte, escrevendo na segunda-feira que ele “subiu ao céu”.

“Que o Senhor o recompense por todo o bem que ele fez aqui na Terra e que ele perdoe suas falhas, se houver alguma.”

  🔴Reportar uma correção ou erro de digitação e tradução :Contato

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
–>