Maceió-AL

Gripe aviária H5N1 atinge aves marinhas na Namíbia

Veja também

´A Namíbia relatou recentemente suas primeiras detecções de gripe aviária H5N1 altamente patogênica, que envolve aves marinhas que apresentaram sintomas clínicos em duas áreas da costa sudoeste do país, de acordo com uma notificação da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE).

namíbia por do sol
Namíbia por do sol


🔵 Siga nosso blog site no Google News  para obter as últimas atualizações 📰 aqui

      Os surtos começaram em 13 de janeiro, um na região de Erongo e outro em Bird Island, uma área de reprodução na Zona Econômica Exclusiva da Namíbia. O funcionário disse que a maioria das doenças envolvia biguás, mas algumas outras espécies também foram afetadas, incluindo pelicanos. O relatório disse que houve 233 mortes de aves.

Outros países africanos também relataram detecções recentes de H5N1, principalmente envolvendo aves. Os surtos fazem parte de uma atividade global generalizada envolvendo diferentes cepas de H5.
Relatório da OIE de 21 de janeiro sobre o H5N1 na Namíbia


  🔴Reportar uma correção ou erro de digitação e tradução :Contato

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
–>