Maceió-AL

Respondendo a perguntas sobre a missa em latim, o Vaticano condena a "polêmica estéril"

Veja também

Um sacerdote celebrante lidera as vésperas latinas tradicionais na antiga basílica do Panteão de Roma, em Roma, Itália, 29 de outubro de 2021.
Um sacerdote celebrante lidera as vésperas latinas tradicionais na antiga basílica do Panteão de Roma, em Roma, Itália, 29 de outubro de 2021.


Por Claire Giangravé

CIDADE DO VATICANO (RNS) - Um novo documento divulgado sábado (18 de dezembro) pelo departamento do Vaticano que supervisiona o culto esclareceu as restrições à missa em latim antiga que o Papa Francisco proferiu em julho, enquanto lamentava a “polêmica estéril” baseada na ideologia que semeou divisão na Igreja Católica.

O novo documento, emitido pela Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos, é uma resposta a perguntas, ou “dubia”, que “têm sido levantadas de vários quadrantes e com maior frequência” sobre o decreto do Papa Francisco que limita o uso da velha missa.

“É triste ver como o mais profundo vínculo de unidade ... se torna um motivo de divisão”, diz o documento, referindo-se ao sacramento da Eucaristia e da Missa.
Reportar uma correção ou erro de digitação e tradução :Contato

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
–>