Maceió-AL

Risco de tsunami na costa brasileira é remoto,mas não impossível

Efeitos na costa brasileira ocasionados pelos processos vulcânicos e de movimentos de massa na Ilha de La Palma – Arquipélago das Canárias


Figura 2: Perspectiva de distância entre a Ilha de La Palma, agente responsável do tsunami e a cidade de São Luís no Maranhão. A distância adotada medida é de 4462,11km. Fonte: Adaptado de Google Earth.
Fig2

Figura 2: Perspectiva de distância entre a Ilha de La Palma, agente responsável do tsunami e a cidade
de São Luís no Maranhão. A distância adotada medida é de 4462,11km. Fonte: Adaptado de Google
Earth.

Em trabalho publicado pela Universidade Federal do Paraná, Mauro Gustavo Reese Filho observa que o Oceano Atlântico não é famoso pela sua capacidade de gerar tsunamis, mas que o vulcão ativo Cumbre Vieja poderia ser o agente responsável por um evento desta natureza na região. Segundo o pesquisador, a estimativa é que uma próxima erupção poderia desestabilizar a encosta da ilha e gerar um tsunami que percorreria distâncias transatlânticas e que atingiria o praticamente todos os países banhados pelo Oceano Atlântico.


“A partir da modelagem de tal evento, obteve-se a informação que toda a costa brasileira será afetada. A possibilidade de ocorrência deste evento por si só deveria ser razão para a prevenção de todo os tipos de danos na costa brasileira, porém até o momento nada foi feito. A falta de informação é a principal causadora deste problema, pois inclusive no meio geológico muitas pessoas não sabem sobre tal fato”, pondera o autor.


“Toda a população costeira deve ser conscientizada, em especial do Norte e Nordeste do Brasil, pois seriam os principais afetados, e assim evitaríamos danos pessoais. Estudos mais recentes dizem que as chances de ocorrência são remotas e longínquas, no entanto, o estabelecimento de sistemas de alarme que possibilitam a evacuação de áreas é justificável quando se trata de vidas humanas”, advertiu Resse em seu trabalho.
Fonte:

Artigo de mauro Reese aqui

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem