Maceió-AL

Caso de raiva humana na Colômbia

Veja também

“Viemos do ano anterior em Alerta Vermelho para o caso de raiva humana ocorrido no município de Neiva, medida que se mantém quando esse novo caso é notificado e que o Conselho Departamental de Zoonoses já se reuniu para retomar as estratégias de contingência. ”, Anunciou o Secretário de Saúde da Huíla, César Alberto Polanía Silva.
Colômbia País na América do Sul
Colômbia


Assim que o INS emitiu o alerta, o Governo da Huíla, através de circular enviada aos 37 municípios do departamento, solicitou aos entes territoriais e aos atores do sistema de saúde que tomem medidas de prevenção, vigilância e notificação de possíveis novos casos de raiva humana ou relatos de agressão de animais que poderiam significar transmissão do vírus.

O Secretário de Saúde da Huíla também anunciou que nas áreas próximas aos municípios de La Argentina, La Plata, Tarqui e Oporapa se iniciará a busca ativa de casos de raiva humana, a fim de determinar “os focos e periferias”.

Portanto, conforme detalhado pelo oficial de saúde, nessas áreas “ a vacinação anti-rábica será intensificada em animais domésticos, mas também em pessoas que fazem parte do cerco epidemiológico do caso confirmado”.

Este é o segundo caso de morte por raiva humana relatado no departamento de Huila. O primeiro foi registrado em setembro de 2020, quando o Ministério da Saúde informou que uma mulher de 26 anos havia morrido em Neiva, após ser picada pelo gato, que transmitiu o vírus a ela.

Reportar uma correção ou erro de digitação e tradução :Contato

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
–>