{ads}

Guiana não se incomoda com a atividade da Venezuela na fronteira

Leia outros artigos :


Aqui estão os principais pontos:

A Guiana está ciente das intenções da Venezuela sobre a região em disputa de Essequibo, mas não acredita que a Venezuela invadirá a área.

O presidente da Guiana disse que o país prosseguirá a disputa fronteiriça de forma pacífica.

Os venezuelanos votaram pela anexação de Essequibo, o que intensificou a disputa.

A Venezuela transferiu tropas e equipamentos para perto da região, mas não confirmou números.

Imagens mostram militares venezuelanos construindo pontes e prestação de serviços na área.

A Venezuela mantém presença militar na área disputada desde pelo menos 1966.

Funcionários guianenses acreditam que Maduro usa a disputa para fins políticos internos devido às recompensas de petróleo na área e para unir opositores.

A Guiana permanece vigilante mas não acredita em uma invasão iminente, buscando uma solução pacífica via tribunal internacional.

Em resumo, a disputa sobre Essequibo continua tensa mas sem sinais imediatos de conflito, sendo usada também politicamente por Maduro na Venezuela.
AR News
Continue a leitura do texto após o anúncio:
Confira>> Últimas Notícias 🌎

Siga-nos


📙 GLOSSÁRIO:

🖥️ FONTES :
Com Agências :

NOTA:
O AR NEWS publica artigos de várias fontes externas que expressam uma ampla gama de pontos de vista. As posições tomadas nestes artigos não são necessariamente as do AR NEWS NOTÍCIAS.
🔴Reportar uma correção ou erro de digitação e tradução :Contato ✉️
Continue a leitura no site após o anúncio:

Postar um comentário

0 Comentários
* Por favor, não faça spam aqui. Todos os comentários são revisados ​​pelo administrador.