{ads}

Zoliflodacina , novo antibiótico contra gonorreia

Leia outros artigos :

Foto científica da bactéria Neisseria gonorrhoeae, também conhecida como gonococo


Uma potencial solução para infecções de gonorreia, que há muito tempo carecem de alternativas eficazes, parece estar à vista. Em um ensaio clínico de fase 3 conduzido em cinco países, o antibiótico oral experimental zoliflodacina atingiu seu objetivo primário, demonstrando não inferioridade estatística na cura de pacientes com infecções não complicadas por gonorreia urogenital em comparação com o tratamento padrão de ceftriaxona intramuscular e azitromicina oral. Além disso, a zoliflodacina foi bem tolerada, sem eventos adversos graves ou mortes registradas.

Este marco é particularmente significativo, pois a zoliflodacina representa o primeiro antibiótico de sua classe com um novo mecanismo de ação. Esta inovação surge em um momento crucial, visto que a gonorreia está se tornando cada vez mais resistente aos tratamentos antibióticos existentes. Além disso, sua administração oral oferece uma alternativa mais conveniente em comparação às injeções intramusculares, que são parte integrante do tratamento padrão.

O Dr. Edward Hook, presidente do protocolo do estudo e professor emérito de medicina da Universidade do Alabama-Birmingham, enfatiza a importância deste avanço, chamando-o de um "potencial divisor de águas para a saúde sexual".

No ensaio que envolveu 930 pacientes em 16 locais, a zoliflodacina alcançou a não inferioridade pré-definida em comparação com o tratamento padrão, representando uma cura microbiológica no sítio urogenital. Com estimativas de 82 milhões de novas infecções por gonorreia ocorrendo anualmente em todo o mundo, a resistência crescente a antibióticos representa uma ameaça significativa. O regime atual, à base de ceftriaxona, está sob pressão devido a estirpes de gonorreia resistentes.

A gonorreia, classificada como a terceira infecção sexualmente transmissível mais comum, enfrenta o desafio de se tornar resistente a múltiplas classes de antibióticos. O aumento dessa resistência à ceftriaxona levanta preocupações sobre infecções intratáveis, podendo levar a complicações graves, como infertilidade, gravidez ectópica e doença inflamatória pélvica.

O comunicado destaca que a zoliflodacina pode representar uma mudança paradigmática no desenvolvimento de antibióticos. Descoberto e desenvolvido pela Entasis Therapeutics Limited (agora subsidiária da Innoviva), o medicamento foi objeto de um acordo com a Parceria Global de Pesquisa e Desenvolvimento de Antibióticos (GARDP), uma organização sem fins lucrativos. Esse modelo de parceria público-privada, enfatizando necessidades de saúde pública em detrimento do lucro, pode servir como um exemplo inovador para futuras iniciativas de pesquisa e desenvolvimento de antibióticos. A GARDP, ao receber os direitos de registro e comercialização da zoliflodacina em países de baixa e média renda, busca disponibilizar novas opções de tratamento em regiões que enfrentam crescente resistência antimicrobiana.

O Diretor Executivo da GARDP, Dr. Manica Balasegaram, destaca a relevância deste programa, indicando que ele "demonstra que é possível desenvolver tratamentos antibióticos visando bactérias multirresistentes que representam a maior ameaça à saúde pública e que de outra forma não seriam desenvolvidas." Este avanço é um passo significativo na luta contra a resistência antimicrobiana global, uma crise de saúde pública cada vez mais urgente.
AR News
Continue a leitura do texto após o anúncio:
Confira>> Últimas Notícias 🌎

Siga-nos


📙 GLOSSÁRIO:

🖥️ FONTES :
Com Agências :

NOTA:
O AR NEWS publica artigos de várias fontes externas que expressam uma ampla gama de pontos de vista. As posições tomadas nestes artigos não são necessariamente as do AR NEWS NOTÍCIAS.
🔴Reportar uma correção ou erro de digitação e tradução :Contato ✉️
Continue a leitura no site após o anúncio:

Postar um comentário

0 Comentários
* Por favor, não faça spam aqui. Todos os comentários são revisados ​​pelo administrador.