{ads}

Hamas viola acordo: lista de reféns gera conflito com Israel

Leia outros artigos :

Netanyahu com fotos dos reféns


A quarta e última fase de libertações de reféns israelenses pelo grupo Hamas, conforme o atual acordo de cessar-fogo, foi adiada. O Gabinete do Primeiro-Ministro afirmou que a questão reside nas dúvidas em curso sobre a lista dos 13 reféns a serem libertados. O comunicado do PMO reconhece a tensão nas famílias e pede para evitar a propagação de boatos. A CNN relatou que a lista fornecida pelo Hamas inclui apenas onze pessoas, violando o acordo entre Israel e o grupo. Autoridades israelenses afirmaram que não tolerarão desvios dos termos do acordo, que já foram violados duas vezes pelo Hamas. Nos últimos três dias, o grupo libertou 39 reféns, mas a redução para 11 no último dia resultaria em 50 reféns libertados, em vez dos 52 inicialmente acordados. As autoridades egípcias afirmam que os mediadores estão próximos de um acordo para estender a trégua humanitária entre Israel e o Hamas. O cessar-fogo de quatro dias foi assinado na sexta-feira para liberar parte dos 240 reféns feitos pelo Hamas em 7 de outubro. Após o acordo, entre 150-200 israelenses e cidadãos estrangeiros permanecerão como reféns.
AR News
Continue a leitura do texto após o anúncio:
Confira>> Últimas Notícias 🌎

Siga-nos


📙 GLOSSÁRIO:

🖥️ FONTES :
Com Agências :

NOTA:
O AR NEWS publica artigos de várias fontes externas que expressam uma ampla gama de pontos de vista. As posições tomadas nestes artigos não são necessariamente as do AR NEWS NOTÍCIAS.
🔴Reportar uma correção ou erro de digitação e tradução :Contato ✉️
Continue a leitura no site após o anúncio:

Tags

Postar um comentário

0 Comentários
* Por favor, não faça spam aqui. Todos os comentários são revisados ​​pelo administrador.