{ads}

The Wall Street Journal: terroristas Palestinos da Jihad Islâmica receberam fundos em criptomoedas de empresa Russa

Leia outros artigos :



The Wall Street Journal: Jihad Islâmica Palestina Recebeu Fundos de US$ 93 Milhões em Criptomoedas Via Exchange Russa de  Sancionada


O Wall Street Journal revelou que o grupo militante palestino Jihad Islâmica recebeu parte de um pagamento de US$ 93 milhões através da empresa russa de troca de criptografia Garantex, sancionada pelos EUA. O Hamas também é suspeito de usar um esquema semelhante para ocultar transações e evitar sanções. Clientes russos da Garantex podem depositar rublos, converter para criptomoeda e sacar em moeda estrangeira no exterior, obscurecendo a origem dos fundos. A falta de rastreabilidade das transações torna desafiador para os reguladores internacionais de crimes financeiros reprimir essas atividades. Após sanções dos EUA a 80% do setor bancário russo, a criptografia tornou-se uma rota para os russos movimentarem dinheiro em bancos estrangeiros, criando brechas para grupos terroristas financiarem operações. Fontes não identificadas do Departamento do Tesouro dos EUA indicaram que medidas adicionais contra a Garantex estão sendo consideradas para deter o fluxo de dinheiro ilegal ou sancionado, com estimativas de que entre 7 a 30 bilhões de dólares foram canalizados pela Garantex desde a invasão russa em grande escala. A empresa foi sancionada em abril de 2022.
AR News
Continue a leitura do texto após o anúncio:
Confira>> Últimas Notícias 🌎

Siga-nos


📙 GLOSSÁRIO:

🖥️ FONTES :
Com Agências :

NOTA:
O AR NEWS publica artigos de várias fontes externas que expressam uma ampla gama de pontos de vista. As posições tomadas nestes artigos não são necessariamente as do AR NEWS NOTÍCIAS.
🔴Reportar uma correção ou erro de digitação e tradução :Contato ✉️
Continue a leitura no site após o anúncio:

Postar um comentário

0 Comentários
* Por favor, não faça spam aqui. Todos os comentários são revisados ​​pelo administrador.