{ads}

Pesquisas do Yahoo News/YouGov mostram apoio esmagador dos americanos a Israel

Leia outros artigos :

68% dos americanos afirmaram categoricamente que o Hamas é, de fato, uma organização terrorista

Opiniões Norte-Americanas: maioria expressiva apoia Israel, conforme pesquisas do Yahoo News/YouGov


Numa análise profunda dos dados recentes fornecidos pela pesquisa conjunta do Yahoo News/YouGov, uma perspectiva notável sobre as opiniões dos norte-americanos em relação a Israel e ao Hamas emerge. O estudo, realizado com 3.878 adultos nos Estados Unidos, revela que uma esmagadora maioria de 68% dos inquiridos considera o Hamas como uma organização terrorista. Este resultado, expresso por uma ampla gama de grupos demográficos, sugere uma atitude decididamente hostil em relação ao grupo.
68% dos americanos afirmaram categoricamente que o Hamas é, de fato, uma organização terrorista


Numa sondagem conduzida pelo Yahoo News/YouGov a 18 de outubro, 3.878 adultos norte-americanos foram questionados: "Considerando tudo o que viram e ouviram, acreditam que o Hamas é ou não uma organização terrorista?" A resposta foi esmagadoramente desfavorável ao Hamas. 68% afirmaram categoricamente que o Hamas é, de fato, uma organização terrorista; apenas 8% discordaram dessa afirmação, enquanto 24% permaneceram indecisos.

Ao analisar os resultados por região, no Nordeste, 68% dos inquiridos rotularam o Hamas como organização terrorista; no Centro-Oeste, esse número foi de 69%; no Sul, 65%; e no Oeste, 70%. Ao estratificar os dados por género, 74% dos homens e 62% das mulheres compartilharam a mesma opinião de que o Hamas é uma organização terrorista. No que diz respeito às filiações políticas, 69% dos Democratas, 60% dos Independentes e notáveis 78% dos Republicanos escolheram a designação "terrorista". Por fim, quando observamos os dados por raça, 78% dos brancos, 54% dos hispânicos e apenas 46% dos negros concordaram com essa afirmação.

No entanto, a perspectiva dos inquiridos mudou consideravelmente quando foram questionados sobre as ações de Israel durante os ataques em Gaza. Quando questionados se acreditavam que Israel tenta minimizar os danos aos civis durante esses ataques, apenas 42% responderam afirmativamente, 27% disseram que não, enquanto 31% permaneceram indecisos.

Ao analisar esses dados por género, 50% dos homens e apenas 35% das mulheres acreditam que Israel realmente tenta minimizar os danos aos civis. Entre os partidos políticos, apenas 34% dos Democratas e 36% dos Independentes acreditam que Israel faz esse esforço. Surpreendentemente, os Republicanos, mais uma vez, destacaram-se com 61% acreditando que Israel tenta evitar ferir civis. Quanto à divisão racial, 46% dos brancos, 38% dos negros e 35% dos hispânicos ficaram do lado de Israel nesse aspecto.

Contudo, é importante notar que, em nenhum dos grupos demográficos analisados, as opiniões anti-Israel superaram aquelas que apoiam Israel. Uma pesquisa anterior realizada pelo YouGov com 1.000 adultos nos EUA, conduzida em 13 de outubro, menos de uma semana após o ataque do Hamas em 10 de julho, revelou que a simpatia americana pelo povo israelense cresceu. Ao mesmo tempo, quase o mesmo número de americanos expressou menos simpatia pelo povo palestino do que há um mês atrás. Além disso, os americanos mostraram-se mais propensos a favorecer do que a se opor a uma ordem militar israelense para evacuar o norte de Gaza.

Uma pesquisa realizada entre 10 e 12 de outubro também indicou que os americanos tendem a apoiar Israel, embora não haja maiorias esmagadoras nesse apoio. Muitos americanos veem ambos os lados de forma equitativa ou simplesmente não têm certeza. No que diz respeito à simpatia, 39% dos americanos inclinam-se para o lado israelense, em comparação com 12% para o lado palestino. Quando se trata de atribuir culpabilidade pela escalada de violência, 35% dos americanos culpam mais o lado palestino do que o lado israelense.

De maneira significativa, os americanos consideram importante proteger Israel em maior grau do que proteger o povo palestino, com uma margem de 61% contra 36%. Estes dados evidenciam a complexidade das percepções dos norte-americanos sobre o conflito entre Israel e Palestina, mostrando uma clara tendência de apoio a Israel, apesar das nuances presentes nas opiniões públicas.
AR News
Continue a leitura do texto após o anúncio:
Confira>> Últimas Notícias 🌎

Siga-nos


📙 GLOSSÁRIO:

🖥️ FONTES :
Com Agências :

NOTA:
O AR NEWS publica artigos de várias fontes externas que expressam uma ampla gama de pontos de vista. As posições tomadas nestes artigos não são necessariamente as do AR NEWS NOTÍCIAS.
🔴Reportar uma correção ou erro de digitação e tradução :Contato ✉️
Continue a leitura no site após o anúncio:

Postar um comentário

0 Comentários
* Por favor, não faça spam aqui. Todos os comentários são revisados ​​pelo administrador.