{ads}

Hamas apela à nação para a inundação de Al-Aqsa na sexta-feira e uma mobilização geral pela Palestina

Leia outros artigos :

A declaração emitida pelos membros do Hamas distorce a realidade, revelando a natureza sociopata desse grupo, evidenciando sua falta de humanidade.

A declaração dos terroristas palestinos do Hamas serve como um aviso para que Israel esteja preparado em 13/10/2023. Pode haver um grande ataque planejado para esse dia.


Nota dos terroristas palestinos do Hamas, serve de alerta para Israel estar preparado no dia 13/10/2023!

O Centro de Informação Palestino fez um apelo enfático ao movimento Hamas, convocando a próxima sexta-feira como a "Sexta-feira da Inundação de Al-Aqsa", um dia de mobilização geral no mundo árabe e islâmico, bem como entre os povos livres ao redor do globo.

 Este apelo ressoa como um eco de solidariedade, um brado contra a ocupação, expondo seus crimes, isolando-a e frustrando seus planos agressivos. É uma demonstração de amor profundo pela Palestina, por Jerusalém e pela sagrada Mesquita de Al-Aqsa, buscando a honra de defendê-la, diz o porta-voz dos terroristas.

Em uma declaração firme, o Hamas confirmou que esse apelo se insere nas conquistas históricas do povo palestino e em sua resistência valente. Ele visa fortalecer a firmeza diante da guerra aberta de ocupação, frustrando os nefastos planos de judaizar Jerusalém e Al-Aqsa. Este apelo é uma vitória para a justa causa do povo palestino, um testemunho da sua determinação inabalável.

O Hamas convocou os jovens destemidos em toda a Cisjordânia e na cidade de Jerusalém para se erguerem em multidões impetuosas, sacudindo a terra sob os invasores sionistas e os colonos, desafiando corajosamente seus soldados covardes e exércitos em todos os rincões. Este chamado reafirma a unidade de propósito e caminho em direção a Jerusalém e Al-Aqsa, uma missão para libertá-los da profanação da ocupação sionista fascista.

O movimento insta o povo no interior ocupado em 1948 a se mobilizar e unir na sagrada Mesquita de Al-Aqsa, preservando não apenas o local sagrado, mas também o Islã e sua mensagem celestial. É um chamado para evitar que hordas de colonos profanem este espaço, frustrando assim os sinistros planos da ocupação fascista que visa dividir e judaizar essa terra sagrada, construindo um suposto templo sobre suas ruínas.

O Hamas convoca as massas da nação árabe e islâmica, bem como os palestinos em todas as partes, incluindo os campos de refugiados e a diáspora, a marcharem em direção às fronteiras da amada Palestina em grandiosa solidariedade com a Palestina, Jerusalém e Al-Aqsa. Aqueles limitados pela geografia são instados a se reunir no ponto mais próximo de Jerusalém, simbolizando sua unidade e apoio.

Além disso, o Hamas estende seu apelo aos povos livres do mundo, pedindo que se unam em solidariedade com o povo palestino, apoiando sua causa justa e seus direitos inalienáveis à liberdade, independência, retorno e autodeterminação. A Palestina chama, Al-Aqsa clama, e espera-se que o mundo cumpra o dever de fraternidade e dignidade, unindo-se ao povo palestino em sua resistência, defendendo assim a terra abençoada da Palestina e a honra de proteger a sagrada Mesquita de Al-Aqsa.
AR News
Continue a leitura do texto após o anúncio:
Confira>> Últimas Notícias 🌎

Siga-nos


📙 GLOSSÁRIO:

🖥️ FONTES :
Com Agências :

NOTA:
O AR NEWS publica artigos de várias fontes externas que expressam uma ampla gama de pontos de vista. As posições tomadas nestes artigos não são necessariamente as do AR NEWS NOTÍCIAS.
🔴Reportar uma correção ou erro de digitação e tradução :Contato ✉️
Continue a leitura no site após o anúncio:

Postar um comentário

0 Comentários
* Por favor, não faça spam aqui. Todos os comentários são revisados ​​pelo administrador.