{ads}

Habitantes de Gaza têm preferência pela autoridade Palestina, diz pesquisa do The Washington Institute

Leia outros artigos :

  • Pesquisas mostram que a maioria dos habitantes de Gaza era contra a quebra do cessar-fogo; 
  • Hamas e Hezbollah impopulares entre os principais públicos árabes

Países: Opinião sobre o Hezbollah


Explorando as Complexidades das Opiniões em Gaza sobre o Hamas, Cessar-fogo e Popularidade em declínio


No cenário político complexo de Gaza, as opiniões dos habitantes sobre o Hamas e o cessar-fogo com Israel estão em constante evolução, revelando uma intricada tapeçaria de sentimentos e percepções. Uma pesquisa recente do TWI, realizada em Julho de 2023, oferece insights profundos sobre o pensamento da população. Vamos mergulhar nas nuances dessas descobertas e entender as dinâmicas subjacentes.

Cessar-fogo e a Dicotomia das Opiniões


Uma das conclusões intrigantes da pesquisa foi a dicotomia nas opiniões dos habitantes de Gaza sobre o Hamas e o cessar-fogo com Israel. Enquanto 65% dos entrevistados acreditavam na possibilidade de um "grande conflito militar entre Israel e o Hamas em Gaza" no ano corrente, surpreendentemente, 62% apoiaram a manutenção do cessar-fogo com Israel pelo Hamas. Além disso, metade da população concordou que o Hamas deveria buscar uma solução de dois Estados baseada nas fronteiras de 1967, abandonando a retórica de destruição de Israel.

Frustração com o Hamas e a Preferência pela Autoridade Palestina


A pesquisa também destacou a clara preferência dos habitantes de Gaza pela administração da Autoridade Palestina em detrimento do Hamas. Uma esmagadora maioria de 70% expressou apoio à proposta da AP de enviar funcionários e oficiais de segurança para Gaza, enquanto o Hamas renunciaria às suas unidades armadas separadas. Essa preferência não é nova, remontando à primeira pesquisa do TWI em 2014, indicando uma tendência de longa data.

Popularidade Declinante do Hamas em Contexto Regional


Além das fronteiras de Gaza, o Hamas enfrenta desafios crescentes em todo o mundo árabe. A pesquisa revelou uma queda significativa na popularidade do Hamas em países-chave, como Emirados Árabes Unidos e Arábia Saudita. Em 2023, apenas 17% dos cidadãos dos Emirados Árabes Unidos expressaram uma visão positiva do Hamas, uma queda dramática em comparação com os 48% em 2017. A Arábia Saudita seguiu o mesmo padrão, com meros 10% de apoio em 2023, enquanto 48% tinham uma opinião muito negativa.

A Ascensão de Outras Facções Armadas em Gaza


Curiosamente, outras facções palestinianas armadas, como a Jihad Islâmica Palestiniana (PIJ) e a Lion's Den, estão ganhando popularidade em Gaza. A PIJ e a Lion's Den desfrutam de amplo apoio, com cerca de três quartos dos habitantes de Gaza expressando seu apoio a esses grupos. Isso indica uma crescente diversificação nas preferências políticas e militares da população de Gaza.

Percepções sobre o Irã e o Hezbollah


Quando se trata do Irã, que apoiou fortemente o Hamas, cerca de metade dos habitantes de Gaza o vêem como um "amigo do país" ou um "parceiro de segurança". Esta associação com o Irã, no entanto, não é uniformemente apoiada em toda a região árabe, com sondagens mostrando que as boas relações com o Irã não são consideradas importantes para a maioria dos cidadãos em países como Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos.

Da mesma forma, o Hezbollah, embora mantenha algum apoio no Líbano, enfrenta forte rejeição em países como Egito, Jordânia e Kuwait. A pesquisa indica que apenas pequenas minorias veem o Hezbollah de forma positiva, sinalizando uma tendência de descontentamento regional.

Conclusão: Um Retrato Complexo das Opiniões em Gaza

A pesquisa do TWI oferece uma visão multifacetada das opiniões em Gaza sobre o Hamas, o cessar-fogo, e outras facções armadas. As nuances dessas percepções destacam a complexidade do cenário político em Gaza e na região árabe em geral. A preferência pela paz, representada pelo apoio ao cessar-fogo e à solução de dois Estados, contrasta com o apoio a grupos militares como a PIJ e a Lion's Den.

Essas descobertas não apenas informam as dinâmicas locais, mas também lançam luz sobre as complexidades geopolíticas da região, oferecendo uma compreensão aprofundada das aspirações e preocupações dos habitantes de Gaza. É crucial considerar essas nuances ao analisar a política em Gaza, lembrando que as opiniões são matizadas e fluidas, moldadas por uma variedade de fatores contextuais.
AR News
Continue a leitura do texto após o anúncio:
Confira>> Últimas Notícias 🌎

Siga-nos


📙 GLOSSÁRIO:

🖥️ FONTES :
Com Agências :
https://www.washingtoninstitute.org/policy-analysis/polls-show-majority-gazans-were-against-breaking-ceasefire-hamas-and-hezbollah#main-content
NOTA:
O AR NEWS publica artigos de várias fontes externas que expressam uma ampla gama de pontos de vista. As posições tomadas nestes artigos não são necessariamente as do AR NEWS NOTÍCIAS.
🔴Reportar uma correção ou erro de digitação e tradução :Contato ✉️
Continue a leitura no site após o anúncio:

Postar um comentário

0 Comentários
* Por favor, não faça spam aqui. Todos os comentários são revisados ​​pelo administrador.