-->

{ads}

Em um hotel no Mar Morto, refugiados do Kibutz Be'eri contam seus mortos e choram

Leia outros artigos :

Família e amigos comparecem ao funeral em 25 de outubro de três membros da família Sharabi, Lian, Noya e Yahel, que foram assassinados por terroristas do Hamas no Kibutz Be'eri em 7 de outubro de 2023. (Chaim Goldberg/Flash90)



Em um resort à beira do Mar Morto, os sobreviventes do Kibutz Be'eri compartilham suas histórias de perda, lembrando aqueles que partiram com lágrimas silenciosas.

Num litoral agora marcado por luto profundo, onde o eco dos horrores do dia 7 de outubro permanece tão vívido quanto as águas do Mar Morto, a comunidade outrora pacífica do Kibutz Be'eri se encontra em um estado de perplexidade e dor inimagináveis.

Após o massacre que assolou o Kibutz Be'eri, quase três semanas se passaram, mas as feridas permanecem frescas, como se o tempo tivesse congelado em um momento de angústia indescritível. O que um dia foi um lar agora é uma terra desolada, seu nome sinônimo de tragédia e perda. Os membros sobreviventes, que agora buscam refúgio no David Dead Sea Resort, compartilham um fardo de sofrimento que transcende as palavras.

O que costumava ser uma rotina comunitária pacífica e animada foi substituído por uma realidade sombria e desconcertante. A cada noite, em vez de discussões habituais, eles se reúnem para atualizar uma lista funesta: membros que passaram de "desaparecidos" para "mortos". São nomes que um dia foram pronunciados com alegria e camaradagem, agora lembrados com pesar e saudade.

Gal Cohen, cuja vida inteira foi entrelaçada com a do Kibutz Be'eri, compartilha histórias de perdas insondáveis. Ele fala não apenas de amigos, mas de irmãos de alma, companheiros de patrulha, pais e filhos, todos vítimas do ataque brutal que ceifou vidas inocentes. A dor é profunda, penetrando não apenas os corações, mas também as mentes, transformando-se em um fardo insuportável de carregar.

Nesse cenário de desespero, a comunidade do Kibutz Be'eri encontra força na união. Em meio à desolação, eles buscam consolo uns nos outros, uma âncora de solidariedade em um oceano de sofrimento. A comunidade, antes conhecida por seu modo de vida coletivo e unido, torna-se agora um pilar de apoio emocional. Para o Dr. Nachum Halperin, essa coesão é essencial para a cura. Ele testemunha o poder do apoio mútuo, a maneira como as mãos estendidas em ajuda e as palavras de conforto se transformam em bálsamo para almas feridas.

No entanto, enquanto enfrentam essa tragédia coletiva, os membros do Kibutz Be'eri também enfrentam uma batalha silenciosa e invisível: a luta contra os fantasmas do trauma. A guerra do Hamas não só deixou um rastro de corpos, mas também uma onda de sofrimento mental, um fardo psicológico que pesa sobre cada indivíduo. O estresse pós-traumático se entrelaça com as dores físicas, transformando-se em uma dor que transcende o corpo e atinge a alma.

Dentro das paredes do David Dead Sea Resort, onde encontram refúgio temporário, a comunidade busca não apenas consolo emocional, mas também assistência prática. Funcionários públicos e voluntários se unem para oferecer apoio, desde orientação burocrática até tratamentos holísticos para as feridas invisíveis da mente.

Apesar do horror que enfrentaram, os membros do Kibutz Be'eri permanecem resilientes. Eles se agarram à esperança, mesmo quando enfrentam o desconhecido. Em meio à tristeza e à incerteza, eles encontram coragem para fazer planos, para imaginar um futuro onde as memórias dolorosas coexistam com a promessa de dias melhores.

E assim, em meio à perplexidade que permeia o ar e à variedade de emoções que percorrem cada alma, a comunidade do Kibutz Be'eri encontra forças para enfrentar o amanhã. Unidos pelo luto, eles se apoiam mutuamente, um farol de esperança em meio às sombras, lembrando-se sempre das vidas perdidas, mas também olhando para o futuro com determinação, prontos para reconstruir o que foi destruído e criar um novo começo a partir das cinzas do passado.




AR News
Continue a leitura do texto após o anúncio:
Confira>> Últimas Notícias 🌎

Siga-nos


📙 GLOSSÁRIO:

🖥️ FONTES :
Com Agências :
Editado: JTA org
NOTA:
O AR NEWS publica artigos de várias fontes externas que expressam uma ampla gama de pontos de vista. As posições tomadas nestes artigos não são necessariamente as do AR NEWS NOTÍCIAS.
🔴Reportar uma correção ou erro de digitação e tradução :Contato ✉️
Continue a leitura no site após o anúncio:

Postar um comentário

0 Comentários
* Por favor, não faça spam aqui. Todos os comentários são revisados ​​pelo administrador.