{ads}

Austrália relata caso de doença meningocócica invasiva em uma criança de três anos

Leia outros artigos :

Neisseria meningitidis ou meningococo são bactérias cocos Gram-negativas que causam meningite meningocócica


Foi relatado um caso de doença meningocócica invasiva em uma criança de três anos na zona rural do sul da Austrália. A vítima encontra-se atualmente hospitalizada, porém seu estado é estável.

A análise da cepa revelou que se trata do sorotipo Y.

As autoridades de saúde da SA identificaram diversas pessoas que estiveram em contato com o paciente, dentre as quais 12 foram encaminhadas para receber antibióticos prescritos.

As orientações sobre a meningite meningocócica foram disseminadas para os contatos de acordo com as Diretrizes Nacionais da Austrália para Unidades de Saúde Pública sobre a Rede de Doenças Transmissíveis de Doenças Meningocócicas Invasivas.

No presente ano, já foram notificados 21 casos de doença meningocócica invasiva no Sul da Austrália, em comparação com os 12 casos registrados no mesmo período do ano anterior. Dos 21 casos deste ano, 17 pertencem ao serogrupo B, três ao serogrupo W e um ao serogrupo Y.

Em 2022, foram relatados 14 casos. Destes, 12 eram do serogrupo B, um do serogrupo Y e um caso não estava associado a nenhum serogrupo específico.

Os sintomas da doença meningocócica incluem dor de cabeça, febre, vômitos, rigidez no pescoço e sensibilidade à luz. Uma erupção cutânea também pode se manifestar, começando como pequenas manchas vermelhas ou roxas que se expandem rapidamente, assemelhando-se a hematomas recentes. Em estágios avançados, confusão e choque podem ocorrer.

Adicionalmente, em crianças, a doença pode levar a inquietação, dificuldade para acordar, recusa em se alimentar, dores nas pernas e extremidades frias, acompanhadas de choro agudo ou gemidos. Alterações na coloração da pele, como palidez ou manchas incomuns, também são sinais de alerta.

Felizmente, existem vacinas disponíveis para proteger contra diversos tipos de doença meningocócica. Na Austrália do Sul, por meio de programas financiados a nível nacional e nos estados, a vacinação contra o meningococo B é oferecida gratuitamente para bebês aos seis meses, quatro meses e 12 meses de idade, além de adolescentes no décimo ano.

Além disso, a vacina ACWY está disponível para bebês aos 12 meses e adolescentes no décimo ano.

Entretanto, é importante observar que, embora as vacinas proporcionem proteção, elas não cobrem todos os tipos de doença meningocócica. Portanto, mesmo aqueles que foram vacinados devem permanecer vigilantes quanto aos sintomas da doença e procurar assistência médica imediatamente, caso necessário.
AR News
Continue a leitura do texto após o anúncio:
Confira>> Últimas Notícias 🌎

Siga-nos


📙 GLOSSÁRIO:

🖥️ FONTES :
Com Agências :

NOTA:
O AR NEWS publica artigos de várias fontes externas que expressam uma ampla gama de pontos de vista. As posições tomadas nestes artigos não são necessariamente as do AR NEWS NOTÍCIAS.
🔴Reportar uma correção ou erro de digitação e tradução :Contato ✉️
Continue a leitura no site após o anúncio:

Postar um comentário

0 Comentários
* Por favor, não faça spam aqui. Todos os comentários são revisados ​​pelo administrador.