{ads}

Ucrânia: Mykhailo Podolyak, questionou a reputação do Brasil ao convidar Putin

Leia outros artigos :

Assessor ucraniano questiona reputação do Brasil ao convidar Putin 

Lula desafia Tribunal Penal Internacional ao garantir imunidade a Putin

O presidente brasileiro, Luiz Inácio Lula da Silva, prometeu que o ditador russo Vladimir Putin não será preso durante sua visita ao Brasil, apesar de um mandado de prisão emitido pelo Tribunal Penal Internacional. 

Lula afirmou isso em uma entrevista ao Firstpost, dizendo que, se ele for presidente do Brasil e Putin visitar o país, ele não será preso de forma alguma.

Lula e Putin: aliança polêmica gera debate sobre justiça internacional

 Lula também confirmou que convidaria Putin para a próxima cúpula do G20, que será realizada no Rio de Janeiro em 2024, e garantiria sua segurança. Essas declarações provocaram reações, como a do assessor do chefe do Gabinete do Presidente da Ucrânia, Mykhailo Podolyak, que questionou a reputação do Brasil ao convidar Putin, um líder acusado de cometer crimes contra os ucranianos. Vale ressaltar que o Tribunal Penal Internacional emitiu um mandado de prisão contra Putin por suspeita de crimes de guerra relacionados à deportação de crianças ucranianas para a Rússia. Isso significa que Putin pode ser preso em 123 países que ratificaram o Estatuto de Roma.
AR News
Continue a leitura do texto após o anúncio:
Confira>> Últimas Notícias 🌎

Siga-nos


📙 GLOSSÁRIO:

🖥️ FONTES :
Com Agências :

NOTA:
O AR NEWS publica artigos de várias fontes externas que expressam uma ampla gama de pontos de vista. As posições tomadas nestes artigos não são necessariamente as do AR NEWS NOTÍCIAS.
🔴Reportar uma correção ou erro de digitação e tradução :Contato ✉️
Continue a leitura no site após o anúncio:

Tags

Postar um comentário

0 Comentários
* Por favor, não faça spam aqui. Todos os comentários são revisados ​​pelo administrador.