{ads}

Presidente turco diz que está incomodado com decoração da ONU que lembra 'cores LGBT'

Leia outros artigos :

Alguns diplomatas da ONU sugeriram que Erdogan pode ter confundido as 17 cores associadas aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável com as cores do arco-íris do Orgulho.


O presidente turco Tayyip Erdogan manifestou desconforto esta semana com a decoração das Nações Unidas, afirmando ver "cores LGBT" nos degraus e em outros locais no edifício sede. Em declarações à mídia, Erdogan disse que gostaria de discutir o assunto com o secretário-geral da ONU, Antonio Guterres.

O governo turco, liderado por Erdogan e seu partido de raízes islâmicas AK, vem endurecendo sua posição contra as liberdades LGBTQ. Erdogan rotula frequentemente membros da comunidade como "desviantes", especialmente durante sua campanha eleitoral neste ano.

Contudo, diplomatas da ONU sugeriram que Erdogan pode ter confundido as 17 cores associadas aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, que decoravam partes da sede para uma cúpula realizada no início da semana, com as cores do arco-íris do movimento Orgulho LGBTQ.

Embora Guterres seja um defensor dos direitos LGBTQ e já tenha falado sobre discriminação, na verdade não há decoração com as cores do arco-íris na ONU promovendo tal causa. Os objetivos de desenvolvimento sustentável têm símbolos e cores próprios.

A Turquia vem endurecendo políticas contra a comunidade LGBTQ nos últimos anos. Erdogan já rotulou seus membros como "desviantes" e endureceu o discurso nessa frente durante sua recente campanha eleitoral.

Apesar de sua defesa vocal dos direitos LGBTQ, Guterres e a ONU não costumam fazer decorações ou campanhas explícitas em prol dessa causa. É possível que Erdogan tenha se equivocado ao associar indevidamente as cores dos objetivos de desenvolvimento sustentável a tal movimento.

O episódio ilustra como temas ligados aos direitos da comunidade LGBTQ continuam sensíveis para alguns líderes e governos. A confusão de Erdogan também indica o quanto o tema vem sendo politizado em seu país nos últimos tempos.
AR News
Continue a leitura do texto após o anúncio:
Confira>> Últimas Notícias 🌎

Siga-nos


📙 GLOSSÁRIO:

🖥️ FONTES :
Com Agências :

NOTA:
O AR NEWS publica artigos de várias fontes externas que expressam uma ampla gama de pontos de vista. As posições tomadas nestes artigos não são necessariamente as do AR NEWS NOTÍCIAS.
🔴Reportar uma correção ou erro de digitação e tradução :Contato ✉️
Continue a leitura no site após o anúncio:

Postar um comentário

0 Comentários
* Por favor, não faça spam aqui. Todos os comentários são revisados ​​pelo administrador.