-->

{ads}

A ameaça da raiva: o mistério por trás do ataque do cachorro em Bangladesh

Leia outros artigos :

Caos em Kalkini: cinquenta vítimas em ataque brutal de cachorro vadio

Meia centena de pessoas, incluindo mulheres e crianças, ficaram feridas em uma mordida de cachorro vadio em Kalkini, em Madaripur 

Mordida de cachorro em Madaripur deixa comunidade em pânico



No dia 17 de setembro de 2023, um incidente chocante abalou a tranquila cidade de Kalkini, situada na região de Madaripur, em Daca, Bangladesh. Mais de cinquenta pessoas, entre elas mulheres e crianças, foram vítimas de um ataque terrível por parte de um cachorro vadio. O evento, que ocorreu entre as 9h e as 13h, deixou a comunidade local em estado de choque e pânico.

O Início do Pesadelo: A Mordida do Cachorro


Tudo começou quando um fazendeiro da região foi mordido pelo cachorro por volta das 8h30 da manhã. O animal, descrito como sendo vermelho, branco e amarelo, tornou-se agressivo quando os moradores locais tentaram capturá-lo para proteger a comunidade. O que se seguiu foi um ataque indiscriminado, no qual o cachorro mordeu e feriu mais de cinquenta pessoas em um período de apenas três a quatro horas.

O Caos se Espalha: Feridos em Estado de Choque


Os feridos, todos com lesões nas pernas, principalmente abaixo dos joelhos, e muitos também com mordidas nas mãos, foram levados às pressas para o Hospital Distrital de Madaripur, que possui 250 leitos. Trinta das vítimas necessitaram de internação imediata devido à gravidade de seus ferimentos. Entre os pacientes, mulheres e crianças eram os mais afetados, sofrendo não apenas com as dores físicas, mas também com o trauma emocional resultante do ataque.

Relatos Desesperados das Vítimas


Uma das vítimas, uma criança da área de Kaliganj, estava a caminho da escola quando foi atacada pelo cachorro. Sua mãe, visivelmente preocupada, trouxe-a ao hospital, descrevendo o terrível incidente. Ela relatou: "Minha filha estava indo de casa para a escola. De repente, o cachorro apareceu do nada e mordeu a perna e o quadril da minha filha. A menina está chorando no hospital. A menina está muito preocupada."

O motorista de autoriquixá local também testemunhou o caos causado pelo cachorro: "Estou trazendo quatro pessoas que foram mordidas pelo cachorro para o hospital juntas. O cachorro morde as pernas de todos. O cachorro grande vermelho, branco e amarelo nunca foi visto na área antes. Nunca vi um cachorro mordendo tantas pessoas na região. Todos na região estão com muito medo."

Outra vítima, [YA], compartilhou seu relato: "Eu não disse nada ao cachorro. Eu estava voltando da loja para casa e de repente [o cachorro] mordeu minha perna. Depois disso, quando todos foram pegar o cachorro, o cachorro os atacou também."

A Resposta das Autoridades e a Busca pelo Cachorro


A situação era tão alarmante que as autoridades locais tiveram que intervir. Subodh Kumar Das, oficial pecuário do distrito de Madaripur, lamentou a falta de recursos para capturar o cachorro a nível de upazila (subdistrito) ou distrital. Ele afirmou: "Não temos apoio logístico para capturar o cão a nível de upazila ou distrital. Estamos muito desamparados. Neste momento, não há alternativa senão atirar e matar o cão. Também não posso fazer aquela filmagem. Pode ser feito pela polícia."

O oficial encarregado da delegacia de polícia de Kalkini, Nazmul Hasan, explicou que uma equipe de polícia estava empenhada em capturar o cachorro desde a manhã. Além disso, a comunidade foi alertada para manter distância do animal, a fim de evitar mais ferimentos.

A Possível Causa: Cachorro com o vírus da Raiva 


Uma questão que paira no ar é por que o cachorro, de repente, começou a morder as pessoas indiscriminadamente. Uma explicação possível é que o animal estivesse sofrendo da forma furiosa da raiva. Os animais com essa forma de raiva ficam extremamente irritados e podem atacar de forma agressiva ao menor estímulo.

Tratamento Necessário e Medidas de Prevenção

A maioria das pessoas feridas no incidente se enquadra na categoria de contato III, o que significa que tiveram mordidas ou arranhões transdérmicos únicos ou múltiplos. Portanto, é crucial que recebam profilaxia pós-exposição contra a raiva. Isso envolve a lavagem das feridas, vacinação imediata e, se necessário, a administração de imunoglobulina/anticorpos monoclonais anti-rábicos.

Além disso, as vítimas que sofreram ferimentos profundos causados por picadas transdérmicas também devem receber toxóide tetânico como medida preventiva.

Eutanásia como Último Recurso


Dado que o cachorro aparentemente sofre de raiva e representa uma séria ameaça à saúde pública, a Lei da Crueldade contra os Animais de 2019 de Bangladesh permite a eutanásia do cão com a devida permissão e supervisão das autoridades competentes.

Este incidente chocante em Kalkini serve como um lembrete da importância de cuidar da saúde dos animais e da necessidade de medidas rigorosas para controlar doenças como a raiva. A comunidade local está se unindo para enfrentar esse desafio inesperado, com a esperança de evitar futuros incidentes desse tipo.
AR News
Continue a leitura do texto após o anúncio:
Confira>> Últimas Notícias 🌎

Siga-nos


📙 GLOSSÁRIO:

🖥️ FONTES :
Com Agências :

NOTA:
O AR NEWS publica artigos de várias fontes externas que expressam uma ampla gama de pontos de vista. As posições tomadas nestes artigos não são necessariamente as do AR NEWS NOTÍCIAS.
🔴Reportar uma correção ou erro de digitação e tradução :Contato ✉️
Continue a leitura no site após o anúncio:

Postar um comentário

0 Comentários
* Por favor, não faça spam aqui. Todos os comentários são revisados ​​pelo administrador.