{ads}

Gilmar Mendes entende que PF fez "espetáculo" para desequilibrar disputa em Alagoas

Leia outros artigos :

O ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, declarou ilegal uma operação da Polícia Federal contra o governador de Alagoas, Paulo Dantas. Essa operação, chamada Edema, acusava Dantas de desviar R$ 48,3 milhões quando era deputado estadual.
STF

Gilmar Mendes declara ilegal operação que abalou eleição em Alagoas

Na visão de Gilmar Mendes, a operação teve um tratamento "espetaculoso" e "sensacionalista" contra Paulo Dantas, com o objetivo de desequilibrar a disputa eleitoral em Alagoas. O ministro entendeu que as medidas cautelares da operação foram determinadas em desacordo com a interpretação adequada da Constituição e das leis processuais penais e eleitorais, podendo influenciar injustificadamente as eleições.

Dessa forma, Gilmar Mendes declarou ilegal essa operação da Polícia Federal por ferir princípios constitucionais e potencialmente impactar o processo eleitoral em curso.



AR News


Continue a leitura do texto após o anúncio:
Confira>> Últimas Notícias 🌎


Siga-nos





📙 GLOSSÁRIO:


🖥️ FONTES :
Com Agências :


NOTA:

O AR NEWS publica artigos de várias fontes externas que expressam uma ampla gama de pontos de vista. As posições tomadas nestes artigos não são necessariamente as do AR NEWS NOTÍCIAS.

🔴Reportar uma correção ou erro de digitação e tradução :Contato ✉️




Continue a leitura no site após o anúncio:

Postar um comentário

0 Comentários
* Por favor, não faça spam aqui. Todos os comentários são revisados ​​pelo administrador.