Maceió-AL

Um país em ruínas e um êxodo sem precedentes: o "legado" de Fidel Castro seis anos após sua morte

Veja também

Cuba comunista em ruínas
Cuba comunista em ruínas
Logo AR NEWS NOTÍCIAS 24 horas
AR NEWS NOTÍCIAS 24 horas

AR NEWS:  Brasil, Maceió ,05/12  de 2022




Seis anos após a morte de Fidel Castro, Cuba, país que fez de seu grande feudo, mergulha em uma crise sem precedentes, marcada, ainda, pelo maior êxodo em massa em décadas.

🔵Para as últimas manchetes, siga nosso canal do Google Notícias on-line ou pelo aplicativo.  📰 aqui

O fracasso do sistema estabelecido por Castro em 1959 é a resposta à situação atual da Ilha: repressão, escassez de alimentos, ruína produtiva, declínio qualitativo dos sistemas de saúde e educação, declínio do esporte, entre outros. Deve-se notar que Cuba passou de um dos países mais avançados da América Latina a um reduto comunista corroído por décadas de estagnação. De facto, boa parte das infra-estruturas que hoje se exibem na Ilha foram construídas antes da chegada do castrismo ao poder.

Comprar comida em Havana geralmente significa ficar em longas filas, que os cidadãos costumam organizar (Foto: Werner Holt)
Comprar comida em Havana geralmente significa ficar em longas filas, que os cidadãos costumam organizar (Foto: Werner Holt)


Seis décadas depois do triunfo barbudo, os cubanos não têm comida para garantir uma dieta decente, apesar de na década de 1960 o patrão prometer aos seus compatriotas muito leite, carne e grãos.

Nos 47 anos do mandato de Fidel Castro, todos os planos para produzir alimentos na Ilha fracassaram, a ponto de ainda hoje o regime admitir que deve recorrer à importação para satisfazer as necessidades do país.

Saúde e Educação Públicas  , duas das frentes priorizadas pelo Comandante, mostram claramente a decadência e ineficácia do sistema. Os hospitais da ilha apresentam um avançado grau de deterioração; Medicamentos e outros suprimentos necessários para quem precisa de atendimento médico também são escassos em Cuba.
Hospital en Santiago de Cuba (Foto: CubaNet)
Hospital en Santiago de Cuba (Foto: CubaNet)

No caso da Educação, Cuba continua a formar profissionais competentes, mas faltam professores em sala de aula e as escolas não têm condições de garantir o ensino. A chamada escola do campo, outra das criações do laboratório Fidelista, revelou-se insustentável e foi cancelada pelo irmão Raúl há vários anos.

O esporte também não escapa da decadência do Castrismo. Nos últimos anos, centenas de  atletas deixaram a ilha em busca de profissionalismo, o tipo que Fidel Castro sempre quis banir de Cuba e que chamou de "esporte de mascate".
Yordan Álvarez, Yuli Gurriel e Aledmis Díaz (Foto: La Vida Baseball)
Yordan Álvarez, Yuli Gurriel e Aledmis Díaz (Foto: La Vida Baseball)



Continue a leitura após o anúncio:
Confira  Últimas Notícias 🌎


A nível de infra-estruturas, Cuba é um país "devastado" que apresenta um elevado défice habitacional e um mau estado do fundo habitacional. Só na capital houve  centenas de desmoronamentos (parciais ou totais) nos últimos anos. Claro, dezenas de hotéis foram construídos em investimentos caros realizados em todo o país.

A indústria açucareira "não existe" e a culpa foi do patrão castrista quando, num óbvio erro de cálculo, daqueles que a imprensa oficial não reconhece, ordenou o desmantelamento da maior parte dos engenhos de açúcar da ilha, ignorando subitamente, os lucros dessas indústrias não só na produção de açúcar, mas na vida e desenvolvimento de comunidades inteiras.

📙 GLOSSÁRIO:


🖥️ FONTES :
 
Com Agências
CUBANET
O AR NEWS publica artigos de várias fontes externas que expressam uma ampla gama de pontos de vista. As posições tomadas nestes artigos não são necessariamente as do AR NEWS NOTÍCIAS.
🔴Reportar uma correção ou erro de digitação e tradução :Contato ✉️

  Continue a leitura no site após o anúncio:




Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
–>