Maceió-AL

Hacker intitulada Nina da Hora foi convidada pelo GT do Lula e diz : "Já estamos com debates importantes de regulação (internet/plataformas) "

Veja também

A Hacker Ana Carolina ( Nina) também fez parte este ano na avaliação das etapas do processo eleitoral, por convite de Barroso

print
print
Logo AR NEWS NOTÍCIAS 24 horas
AR NEWS NOTÍCIAS 24 horas

AR NEWS:  Brasil, Maceió ,02/12  de 2022




print
Sequência do Print


"Compartilhando que a coordenação do gt de comunicação do governo Lula me convidou para fazer parte. Já estamos com  debates importantes de regulação (internet/plataformas), olhar essa relação IA e informação, fakenews e por aí vai, muito contente com convite! Vem aí 2023"

Contribui para a democracia das eleições agora vou contribuir junto a uma galera massa para dar continuidade a transparência.

Tem pessoas específicas que agradeci diretamente o convite e dificilmente rubefações agradecimentos públicos assim pq é muita exposição mas agradeço  as mulheres e mulheres negras que estão no processo.
OBRIGADA GALERA


🔵Para as últimas manchetes, siga nosso canal do Google Notícias on-line ou pelo aplicativo.  📰 aqui



Continue a leitura após o anúncio:
Confira  Últimas Notícias 🌎

Print página do twitter
Print página do twitter


Ana Carolina ,  é integrante da Comissão de Transparência das Eleições no Tribunal Superior Eleitoral de 2022

“Hackear, para mim, não está ligado só à computação, mas a hackear padrões, formatos, sempre em busca de algo mais coletivo e acessível”, afirmou Nina. “Minha vida foi sempre assim. Para mim, hackear é trazer para o mundo da tecnologia os interesses da sociedade. Custa muito, mas, ao final do dia, eu estou de boa com o que eu consegui contribuir.”
'Hackear não está ligado só à computação, mas a hackear padrões, formatos', diz Nina, que se apresenta como 'hacker antirracista'. Foto: Wilton Júnior/Estadão


“Hackear, para mim, não está ligado só à computação, mas a hackear padrões, formatos, sempre em busca de algo mais coletivo e acessível”, afirmou Nina. “Minha vida foi sempre assim. Para mim, hackear é trazer para o mundo da tecnologia os interesses da sociedade. Custa muito, mas, ao final do dia, eu estou de boa com o que eu consegui contribuir.”

O convite para participar da comissão do TSE partiu do presidente da Corte, Luís Roberto Barroso, que, em setembro, criou um grupo de trabalho para “ampliar a transparência e a segurança” nas eleições. No tribunal, o dia a dia de Nina é ocupado pela avaliação das etapas do processo eleitoral. Outros 11 representantes da sociedade civil, das Forças Armadas, do Congresso e de órgãos de controle integram o grupo. (Estadão)
📙 GLOSSÁRIO:


🖥️ FONTES :
 
Com Agências

O AR NEWS publica artigos de várias fontes externas que expressam uma ampla gama de pontos de vista. As posições tomadas nestes artigos não são necessariamente as do AR NEWS NOTÍCIAS.
🔴Reportar uma correção ou erro de digitação e tradução :Contato ✉️

  Continue a leitura no site após o anúncio:




Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
–>