Maceió-AL

Ditador venezuelano Nicolás Maduro mostrou apoio ao companheiro Lula - Los hermanos del mal

Veja também

Nicolás Maduro revela o que acontecerá caso Lula ganhe as eleições
Nicolás Maduro revela o que acontecerá caso Lula ganhe as eleições
Lula e Maduro - the evil brothers - Los hermanos del mal

Logo AR NEWS NOTÍCIAS 24 horas
AR NEWS NOTÍCIAS 24 horas

AR NEWS:  Brasil, Maceió ,20/10  de 2022




O segundo turno das eleições para Presidente da República está se aproximando. A votação acontecerá no dia 30 de outubro e, mesmo faltando poucos dias para o fim da corrida presidencial, o presidente Lula segue afirmando que não irá anunciar os ministros que farão parte do seu gabinete.

Apesar da falta de transparência nas propostas de seu governo, o candidato à presidência da República pelo Partido dos Trabalhadores parece já ter planos internacionais.

Nessa semana, o ditador venezuelano Nicolás Maduro mostrou apoio ao companheiro, compartilhando em suas redes sociais uma reportagem divulgada na revista, também venezuelana, Cuatro F.

Cuatro F.
Cuatro F.


🔵Para as últimas manchetes, siga nosso canal do Google Notícias on-line ou pelo aplicativo.  📰 aqui

A reportagem mostra total apoio a Lula, trazendo alguns pontos que, apesar de não terem sido anunciados pelo petista, precisam ser relevados aos eleitores brasileiros.

Abaixo, segue um trecho da reportagem:

Fortalecimento de Grupo de Puebla-I Progressive International. 

A vitória de Lula potencializaria o impacto internacional deste grupo e reforçaria a sua posição político-ideológica. As forças políticas agrupadas dentro do grupo, agora teriam governos nos dois países com maior população de nossa América, com as duas maiores economias maior e liderança remodelada.

Lula seria o principal líder do Grupo Pueblae. Com sua ascendência, este grupo será muito mais forte na América e frente às potências emergentes.

Continue a leitura após o anúncio:
Confira  Últimas Notícias 🌎

O Grupo de Puebla é um fórum político e acadêmico composto por 32 representantes esquerdistas do mundo, sendo estes presidentes, ex-presidentes, referenciais políticos e sociais dentro do movimento socialista. Desta lista, destacam-se alguns nomes como o da ex-presidente brasileira Dilma Rousseff, o ex-presidente boliviano Evo Morales e o atual presidente da Argentina Alberto Fernández.

Para muitos estudiosos políticos, a intenção desses partidos é unir todos os países da América Latina num só continente socialista totalitário de esquerda.

Um perigo para a liberdade de expressão, de imprensa, de empreender, das mídias sociais, da propriedade seja ela urbana ou do campo.


📙 GLOSSÁRIO:


🖥️ FONTES :
 
Com Agências

O AR NEWS publica artigos de várias fontes externas que expressam uma ampla gama de pontos de vista. As posições tomadas nestes artigos não são necessariamente as do AR NEWS NOTÍCIAS.
🔴Reportar uma correção ou erro de digitação e tradução :Contato ✉️

  Continue a leitura no site após o anúncio:




Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
–>