Maceió-AL

Mortos na Nigéria por febre de Lassa sobe para 168

Veja também

Logo AR NEWS NOTÍCIAS 24 horas
AR NEWS NOTÍCIAS 24 horas

AR NEWS:  Brasil, Maceió ,23 de agosto  de 2022






🔵Para as últimas manchetes, siga nosso canal do Google Notícias on-line ou pelo aplicativo.  📰 aqui
De acordo com o comunicado do Centro Nigeriano de Controle de Doenças (NCDC), a febre de Lassa foi observada em 9 pessoas na última semana e 3 pessoas morreram da epidemia.

Assim, 889 casos de febre de Lassa foram vistos em pessoas desde janeiro, enquanto o número que perderam a vida na epidemia chegou a 168.

O governo nigeriano anunciou que 3 medicamentos foram identificados para o tratamento da doença.

No ano passado, foram detectados 674 casos e 102 pessoas morreram na epidemia de febre de Lassa, que aumentou em novembro e maio, quando se vive o período de seca todos os anos.




Continue a leitura após o anúncio:
Confira  Últimas Notícias 🌎

– INSTALADO PRIMEIRAMENTE NA NIGÉRIA EM 1969 NO ESTADO DE BORNO

A febre de Lassa, que é vista em muitos países africanos, incluindo Mali, Togo, Gana, Libéria e Serra Leoa, foi encontrada pela primeira vez na Nigéria em 1969, no estado de Borno, no nordeste do país.

O governo nigeriano declarou estado de emergência devido à febre de Lassa em 23 de janeiro de 2019.

A doença, que é transmitida pelo contato com fezes de camundongos, pode ser transmitida de pessoa para pessoa e causa uma febre hemorrágica mortal.

As autoridades alertaram o público para não entrar em contato com ratos e outros roedores.

📙 GLOSSÁRIO:


🖥️ FONTES :
 
Com Agências


🔴Reportar uma correção ou erro de digitação e tradução :Contato ✉️

  Continue a leitura no site após o anúncio:

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
–>