Maceió-AL

Sintoma de nova estirpe da Covid-19 aparece durante a noite , diz professor doTrinity College

Veja também

AR NEWS NOTÍCIAS   Brasil, Maceió 08   de julho de 2022
"Embora as vacinas disponíveis ainda sejam consideradas nossa melhor proteção contra o vírus no momento, O'Neill diz que acredita que novas serão desenvolvidas antes do esperado aumento do inverno".



🔵 Acompanhe nosso blog site no Google News  para obter as últimas notícias 📰 aqui

Um professor acredita que a última cepa do Covid-19 está apresentando novos sintomas, que o público precisa entender melhor.

Luke O'Neill disse que o sinal recém identificado da variante BA.5 foi descoberto quando as autoridades de saúde  solicitaram ao público que se isole ao primeiro sinal de infecção.

Hoje, o professor do Trinity College disse que a cepa - que foi ligada à Omicron - está causando estragos em todo o mundo.

Embora a onda de verão seja desenfreada, as autoridades irlandesas ainda precisam implementar novas restrições, pois a taxa de vacinação é alta e os efeitos colaterais são menos graves.

O professor irlandês disse: "A maioria dos casos na Irlanda no momento seria BA.5, por exemplo, o mesmo nos EUA. É outra bola na curva que foi lançada contra nós por esse vírus, e BA.5 é a variante dominante no momento”.


Continue a leitura após o anúncio:
🟢Confira  Últimas Notícias 🌎

Ao falar sobre a onda de verão, ele disse que agora acredita-se que existam algumas diferenças importantes nos sintomas relatados - e as pessoas precisam estar cientes delas.

Ele disse: "Um sintoma extra para BA.5 que vi esta manhã são os suores noturnos.

"A doença é ligeiramente diferente porque o vírus mudou. Há alguma imunidade a ela, com as células T e assim por diante, e essa mistura de seu sistema imunológico e o vírus sendo ligeiramente diferente pode dar origem a uma doença ligeiramente diferente - com estranhos – suores noturnos sendo uma característica.”

Embora as vacinas disponíveis ainda sejam consideradas nossa melhor proteção contra o vírus no momento, o professor O'Neill diz acreditar que novas vacinas serão desenvolvidas antes do esperado aumento no inverno.

"Tanto a Pfizer quanto a Moderna disseram que terão uma vacina Omicron em setembro e uma BA.4/5 em outubro", explicou.

"Então, quando chegarmos a esse ponto, faria sentido começar a usar as mais novas. Mas... a atual ainda está dando uma boa proteção de qualquer maneira.

🔴Reportar uma correção ou erro de digitação e tradução :Contato ✉️

🖥️ FONTES : 

Trinity College (Trinity College Dublin)
📙 GLOSSÁRIO:

Continue a leitura no site após o anúncio:

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
–>