Maceió-AL

Sete são acusados ​​de surto mortal de Listeria na Espanha

Veja também

AR NEWS NOTÍCIAS   Brasil, Maceió 04 de julho de 2022


justiça
justiça


🔵 Acompanhe nosso blog site no Google News  para obter as últimas notícias 📰 aqui

Sete pessoas devem ser julgadas como parte do maior surto de Listeria da Espanha, que ocorreu em 2019.

Um juiz de um tribunal de Sevilha decidiu esta semana continuar o processo contra sete réus por crimes, incluindo supostos crimes contra a saúde pública e lesão a um feto resultando em aborto. Na conclusão de uma investigação sobre o surto, Pilar Ordóñez também considerou que o Conselho de Sevilha poderia ser responsabilizado civilmente, o que significa que teria que pagar uma indenização se condenado.


Continue a leitura após o anúncio:
🟢Confira  Últimas Notícias 🌎

O surto de carne de porco assada refrigerada da marca “La Mecha” produzida pela Magrudis afetou quase 250 pessoas. Durante o alerta de saúde entre meados de agosto e meados de outubro de 2019, quatro pessoas morreram e houve seis abortos.

Os investigados são José Antonio Marín Ponce, administrador de Magrudis; sua esposa, Encarnación Rodríguez Jiménez, responsável pela produção e sistema de autocontrole da empresa; seus filhos Sandro José e Mario Marín Rodríguez, além de um inspetor veterinário local e outras duas pessoas. Ação contra outras quatro pessoas foi interrompida.


🔴Reportar uma correção ou erro de digitação e tradução :Contato ✉️



🖥️ FONTES : 

Com agências
📙 GLOSSÁRIO:

Continue a leitura no site após o anúncio:

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
–>