Maceió-AL

Médicos espalhando desinformação nas mídias sociais – quais são as consequências?

Veja também

AR NEWS NOTÍCIAS   Brasil, Maceió 10   de julho de 2022

fake news
fake news 



🔵 Acompanhe nosso blog site no Google News  para obter as últimas notícias 📰 aqui

Escrito por Denrick Cooper


A pandemia do COVID revelou que a desinformação pode impedir a disseminação da medicina baseada em evidências. Este artigo pede uma reforma institucional para que os médicos que espalham desinformação sejam responsabilizados.

Por que isso importa?

A politização da pandemia junto com as mídias sociais obscureceu a confiança do público nas instituições de saúde e nas informações de saúde. Milhões de vidas foram afetadas pela disseminação de desinformação por parte dos profissionais de saúde. Devemos considerar como e se podemos responsabilizar os médicos que desinformam.

Se seus amigos pulassem de um penhasco, você também pularia?

 Bem… depende de quantos amigos.

Este artigo foi uma peça de perspectiva do CEO e presidente eleito do American Board of Internal Medicine (ABIM). Eles descrevem que a mídia social permitiu que um fórum de opinião pública tomasse o lugar da prática baseada em evidências. Alguns acreditam que o discurso do médico nas mídias sociais é protegido pela primeira emenda, enquanto outros acreditam que deve ser processado, se incorreto, como discurso prejudicial (ou seja, gritar fogo incorretamente em um prédio).


Continue a leitura após o anúncio:
🟢Confira  Últimas Notícias 🌎

As instituições de saúde exigem a certificação do conselho como um indicador de atualização em medicina baseada em evidências. Os autores argumentam que se nós, como sociedade médica, exigimos que estejamos atualizados em material baseado em evidências para praticar, devemos penalizar aqueles que não praticam a medicina baseada em evidências.

Como médicos, temos um padrão ético para defender o bem-estar do paciente. Este artigo exige, e eu concordo com, uma discrepância entre uma série de opiniões que são aceitáveis ​​em fóruns médicos em comparação com respostas “completamente erradas”. Respostas erradas têm consequências muitas vezes não em jogo em nossas próprias vidas, mas impactando uma ampla gama de pacientes que talvez nunca vejamos à nossa frente. Com isso dito, nossas instituições médicas devem tomar medidas contra médicos que espalham desinformação médica. Qual é a sua postura?

🔴Reportar uma correção ou erro de digitação e tradução :Contato ✉️

🖥️ FONTES : 


📙 GLOSSÁRIO:

Continue a leitura no site após o anúncio:

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
–>