Maceió-AL

Coreia do Norte está pronta para usar armas nucleares em conflito com EUA, diz Kim Jong Un

Veja também

O líder norte-coreano Kim Jong Un disse em um evento de armistício da Guerra da Coreia que seu regime usaria seu arsenal nuclear em um conflito com os Estados Unidos e a Coreia do Sul, informou a mídia estatal na quinta-feira. Foto por KCNA
O líder norte-coreano Kim Jong Un disse em um evento de armistício da Guerra da Coreia que seu regime usaria seu arsenal nuclear em um conflito com os Estados Unidos e a Coreia do Sul, informou a mídia estatal na quinta-feira. Foto por KCNA
Logo AR NEWS NOTÍCIAS 24 horas
AR NEWS NOTÍCIAS 24 horas

AR NEWS NOTÍCIAS   Brasil, Maceió 28 de julho de 2022




🔵Para as últimas manchetes, siga nosso canal do Google Notícias on-line ou pelo aplicativo.  📰 aqui

O líder norte-coreano Kim Jong Un disse estar preparado para usar o arsenal nuclear de seu país em um confronto militar com os Estados Unidos e ameaçou "aniquilar" a Coreia do Sul, informou a mídia estatal nesta quinta-feira.

Kim fez as declarações em um evento na quarta-feira em Pyongyang, comemorando o 69º aniversário do armistício que encerrou os combates na Guerra da Coréia de 1950-1953, informou a Agência Central de Notícias da Coreia.

"Nossas Forças Armadas estão totalmente preparadas para responder a qualquer crise e o dissuasor de guerra nuclear de nossa nação também está totalmente preparado para mobilizar sua força absoluta com fidelidade, precisão e rapidez para sua missão", disse Kim em um discurso.

A celebração do que a Coreia do Norte chama de "Dia da Vitória" incluiu fogos de artifício, sobrevoos de caças e apresentações. Também marcou a primeira aparição pública de Kim em quase três semanas.
Continue a leitura após o anúncio:
🟢Confira  Últimas Notícias 🌎

"Os Estados Unidos, que causaram o dano mais sério à história moderna de nossa nação, continuam a se envolver em perigosos atos hostis contra nossa república hoje", disse Kim. "A Coreia do Norte reafirma sua total prontidão para lidar com qualquer confronto militar com os Estados Unidos."

Pyongyang realizou pelo menos 18 rodadas de lançamentos de mísseis este ano e parece prestes a realizar seu sétimo teste nuclear a qualquer momento, segundo autoridades em Washington e Seul.

Kim também ameaçou a Coreia do Sul e seu presidente conservador Yoon Suk-yeol, que assumiu uma postura militar mais forte contra Pyongyang do que seu antecessor Moon Jae - in. Yoon e outros em seu governo falaram abertamente sobre a realização de ataques preventivos contra o Norte se uma ameaça iminente for detectada.

"É absurdo e um ato autodestrutivo muito perigoso para eles falarem sobre ação militar contra nosso país, que possui a arma absoluta que eles mais temem", disse Kim. "Uma tentativa tão perigosa será imediatamente punida por uma força poderosa e o regime de Yoon Suk-yeol e seu exército serão aniquilados."

Pyongyang alertou em abril sobre uma resposta nuclear a qualquer ataque de Seul e vem testando mísseis evasivos de curto alcance que alega serem capazes de transportar armas nucleares táticas.

Em resposta às crescentes provocações, a Coreia do Sul e os Estados Unidos reforçaram sua aliança militar sob Yoon e devem retomar exercícios militares conjuntos em grande escala no próximo mês, irritando ainda mais o Norte.

🔴Reportar uma correção ou erro de digitação e tradução :Contato ✉️



🖥️ FONTES : 

Com Agências
📙 GLOSSÁRIO:

Continue a leitura no site após o anúncio:

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
–>