Maceió-AL

Mais dez mortes por Sars-cov-2 na quarta-feira de cinzas em Alagoas - Vídeo

Veja também

Natureza e a cruz que celebra o viver
Natureza e a cruz que celebra o viver


No primeiro dia da Quaresma no calendário Cristão ocidental, Alagoas registra mais 10 mortes por COVID-19  e 259 novos casos . 

As cinzas que os Cristãos Católicos recebem neste dia  representam simbolicamente um chamamento para a reflexão sobre o dever da conversão, da mudança de vida, e relembra que o viver é passageiro, transitório, efêmero devido a fragilidade  humana, que tem ao seu final  à morte. 

É preocupante saber que as festividades do Carnaval levaram  milhares de pessoas em Alagoas e no Brasil descumprirem as regras de prevenção ao combate e adoecimento por COVID-19. 

As redes sociais estão repletas de fotografias e vídeos que evidenciam perfeitamente o comportamento humano de negação ao risco que o período oferece, e rejeitando a realidade , muitos  trilharam um caminho  tortuoso que coloca em risco extremo a sua existência e a de outras pessoas. 

Nesses próximos vinte dias teremos uma melhor visão sobre os efeitos e consequências advindas desses comportamentos que celebraram somente os espetáculos da festa da carne em detrimento da vida !
Por hoje é só!
Mário Augusto



Veja logo abaixo o Boletim da SESAU da Quarta-feira de cinzas - 02 de março de 2022-COVID-19 e o vídeo realizado pelo site AR  NEWS


NOTÍCIAS, VIGILÂNCIA EPIDEMIOLÓGICA

Boletim Covid-19 (02/03) – Alagoas tem 292.476 casos e 6.704 óbitos

Josenildo Torres
02/03/2022

O Boletim Epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), desta quarta-feira (2), confirma 259 casos de Covid-19 em Alagoas. Dessa forma, o Estado tem um total de 292.476casos confirmados do novo coronavírus até o momento, dos quais 1.347 estão em isolamento domiciliar. Outros 284.122 pacientes já finalizaram o período de isolamento, não apresentam mais sintomas e, portanto, estão recuperados da doença. Há 2.174 casos em investigação epidemiológica. Foram registradas dez mortes por Covid-19 em território alagoano. Com isso, Alagoas tem 6.704 óbitos por Covid-19.

Os casos confirmados de pessoas com a Covid-19 estão distribuídos nos 102 municípios alagoanos. Em relação ao quadro total de óbitos em Alagoas, estão confirmados 6.704 óbitos por Covid-19, mas, oito deles, eram de pessoas residentes em Pernambuco, São Paulo, Santa Catarina e Bahia, tendo como vítimas seis homens e duas mulheres. Dos 6.696 óbitos de pessoas residentes em Alagoas, 3.683 eram do sexo masculino e 3.013 do sexo feminino. Eram 2.980 pessoas que residiam em Maceió e as outras 3.716 moravam no interior do Estado, segundo o Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (Cievs), da Sesau.

Para ter acesso ao boletim epidemiológico, basta clicar aqui para baixar os dados da Covid-19.

Óbitos – No boletim desta quarta-feira (2), mais dez mortes foram confirmadas, laboratorialmente, por causa do novo coronavírus, sendo sete vítimas da capital alagoana e três do interior do Estado. As vítimas de Maceió eram dois homens de 31 e 73 anos, além de cinco mulheres de 76, 78, 89, 92 e 93 anos. O homem de 31 anos era obeso e morreu no Hospital Vida, em Maceió; o homem de 73 anos era diabético, etilista crônico e morreu em seu domicílio; a mulher de 76 anos não tinha comorbidades e morreu no Hospital Metropolitano de Alagoas (HMA), em Maceió; a mulher de 78 anos tinha doença cardiovascular e morreu em seu domicílio; a mulher de 89 anos era hipertensa, tinha Alzheimer e morreu na Santa Casa, em Maceió; a mulher de 92 anos não tinha comorbidades e morreu no Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió; e a mulher de 93 anos não tinha comorbidades e morreu em seu domicílio.

Já as três vítimas do interior do Estado eram homens de 75, 76 e 89 anos. O homem de 75 anos, residia em Marechal Deodoro, tinha hipertensão arterial, sequelas de um Acidente Vascular Cerebral (AVC) e morreu no Hospital da Mulher (HM), em Maceió; o homem de 76 anos, residia na Barra de São Miguel, não tinha comorbidades e morreu no Hospital Geral do Estado (HGE), em Maceió; e o homem de 89 anos, morava em Viçosa, tinha hipertensão arterial, hipotireoidismo e morreu na Santa Casa, em Maceió.

Leitos de Covid-19 do Estado – Dos 528 leitos criados pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) para atender, exclusivamente, pacientes com suspeita e confirmação de infecção pelo novo coronavírus e por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), 103 estavam ocupados até às 16 horas da quarta-feira (2), o que corresponde a 20% do total. Atualmente, 49 pacientes estão em leitos de UTI, nenhum paciente está ocupando leitos Intermediários e 54 estão internados nos leitos de Enfermaria. Para acompanhar a evolução da ocupação dos leitos exclusivos para Covid-19 e influenza, acesse http://www.alagoascontraocoronavirus.al.gov.br/


🔵 Acompanhe nosso blog site no Google News  para obter as últimas notícias 📰 aqui

Agora só resta esperar mais 20 dias - Efeitos do pós Carnaval na saúde


.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
–>