Maceió-AL

Doença hepática gordurosa é um sintoma de COVID longo ?

Veja também

A maioria dos pacientes com COVID de longa duração que foram hospitalizados por doença grave de COVID-19 apresentava doença hepática gordurosa associada a (disfunção) (MAFLD), segundo um estudo retrospectivo da Itália.
covid e sistema hepático
covid e sistema hepático

 

🔵 Siga nosso blog site no Google News  para obter as últimas atualizações aqui

      “Muitos dos mesmos fatores de risco para COVID-19 grave são aqueles que também estariam presentes no MAFLD – obesidade, cirrose e um grande número de condições médicas comórbidas”, disse Andrew Talal, MD, MPH, da Universidade de Buffalo em Nova York, que não participou deste estudo.
Doença hepática gordurosa associada a disfunção metabólica (Metabolic-dysfunction-associated fatty liver disease — MAFLD 

Além disso, "as infecções já demonstraram provocar ou acelerar o desenvolvimento de MAFLD". "Este relatório deve definitivamente promover outros estudos para acompanhar essas observações".

Os autores do estudo sugeriram que "enfatizar a atividade física e a perda de peso" poderia ajudar os pacientes com MAFLD e PACS.

Para o estudo, Raggi e colegas examinaram dados de 235 adultos da Clínica Modena PACS, na Itália, que se apresentaram de julho de 2020 a abril de 2021, incluindo 130 indivíduos com MAFLD. Todos os pacientes receberam alta do hospital da Universidade de Modena após um surto de pneumonia grave por COVID-19 e tiveram um diagnóstico de PACS, definido como pelo menos um “grupo de sintomas” qualitativamente intenso. Em 13% dos pacientes, MAFLD não foi associado a nenhum cluster específico de PACS.


 Reportar uma correção ou erro de digitação e tradução :Contato

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
–>