Maceió-AL

COVID-19 : Autoridades chinesas estão pedindo aos cidadãos que não encomendem mercadorias do exterior

Veja também

As autoridades chinesas estão pedindo aos cidadãos que não encomendem mercadorias do exterior, alegando que uma infecção recente por Omicron encontrada em Pequim veio de uma remessa internacional do Canadá.
COVID-19 : Autoridades chinesas estão pedindo aos cidadãos que não encomendem mercadorias do exterior

 COVID-19 : Autoridades chinesas estão pedindo aos cidadãos que não encomendem mercadorias do exterior

Infecção por  covid não veio de outra província, mas de um pacote enviado de Toronto, passando pelos Estados Unidos e Hong Kong.

🔵 Siga nosso blog site no Google News  para obter as últimas atualizações 📰 aqui
A China está lutando contra surtos em várias províncias, incluindo casos da variante Omicron altamente contagiosa. A maioria dos infectados foi encontrada em Tianjin, onde o primeiro caso de Omicron do país foi descoberto em 9 de dezembro.

A descoberta de um único caso de Omicron na vizinha Pequim no fim de semana levantou preocupações. O rastreamento constatou que a infecção não veio de outra província, mas de um pacote enviado de Toronto, passando pelos Estados Unidos e Hong Kong.

Liao Lingju, vice-diretor da administração postal da cidade, pediu às pessoas que “não comprem produtos do exterior”.

Segundo as autoridades, o paciente, diagnosticado com a variante Omicron no sábado, “admitiu” que recebeu o pacote no dia 11 de janeiro. O pacote foi enviado com quatro dias de antecedência.

Desde então, as autoridades colocaram em quarentena a família, o mensageiro e mais de 60 pessoas do paciente como contatos próximos. Mais de 16.000 pessoas foram testadas no bairro de residência do paciente em Haidian.

     
  🔴Reportar uma correção ou erro de digitação e tradução :Contato

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
–>