Maceió-AL

Faculdades de Medicina não podem criar novas vagas , e mais cortes nas verbas do SUS, diz SINMED

AR NEWS NOTÍCIAS 
SINMED-AL - Sindicato dos Médicos de Alagoas
SINMED-AL - Sindicato dos Médicos de Alagoas


VAGAS ESGOTADAS

MACEIÓ- ALAGOAS, 05 DE JUNHO
Sindicato dos Médicos de Alagoas  

A Federação Médica Brasileira, a qual o Sinmed é filiado, endossou pedido de suspensão para novas vagas nos cursos de medicina. Entre os argumentos consta que para uma assistência de qualidade, é preciso formação acadêmica de qualidade, o que é inviável diante da ampliação desenfreada de vagas.

 

A recomendação é por reforço na infraestrutura das faculdades, aumento dos campos de estágio, e maior investimento no corpo docente.

 Não dá para pensar em crescer numericamente, sem subir nos indicadores de excelência. Vale lembrar também que o Brasil é o país com mais escolas de Medicina no mundo. Felizmente a classe médica venceu essa luta: as faculdades estão desautorizadas a ofertarem novas vagas. Valeu a pena protestar! 

CORTE NA SAÚDE

MACEIÓ- ALAGOAS, 05 DE JUNHO
Sindicato dos Médicos de Alagoas  

O orçamento destinado pela União para a saúde, que historicamente é mantido abaixo da necessidade, acabou de sofrer um corte. Assim, o que já era insuficiente ficou ainda pior. 

Houve remanejamento dos recursos da União a fim de ampliar os gastos com publicidade sem alterar o valor geral previsto para 2022. 

Nesse malabarismo quem saiu perdendo foi a população dependente do SUS, e os profissionais da área, que enfrentam cada vez mais condições adversas para prestar atendimento.
Lamentável.
🔵 Acompanhe nosso blog site no Google News  para obter as últimas notícias 📰 aqui
Texto  : SINMED/AL ( Fátima Vasconcellos, jornalista MTB/AL414, ASCOM SINMED.) Editado pelo Site AR NEWS NOTÍCIAS

🟢Confira  Últimas Notícias 🌎


🔴Reportar uma correção ou erro de digitação e tradução :Contato ✉️

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem