Maceió-AL

Russos já iniciaram guerra híbrida com ameaças de bombas e ciberataques, diz Ucrânia

Veja também

Ucrânia – Autoridades dos EUA estão alertando que a Rússia pode estar prestes a atacar a Ucrânia. Para muitos cidadãos deste país sitiado, o ataque já começou.

Catedral de Santa Sofia em Kiev. BRYAN SMITH/ZUMA PRESS
Catedral de Santa Sofia em Kiev. BRYAN SMITH/ZUMA PRESS



Autoridades ucranianas dizem que a Rússia, que posicionou mais de 100.000 soldados em três lados da Ucrânia, está intensificando uma campanha de desestabilização envolvendo ciberataques, perturbações econômicas e uma nova tática: centenas de falsas ameaças de bomba.

As forças russas e seus representantes já controlam partes da Ucrânia e combates frequentes com as forças do governo. O objetivo da crescente campanha híbrida de Moscou, segundo autoridades ucranianas, é enfraquecer seu país e semear pânico, potencialmente provocando descontentamento e protestos do tipo que a Rússia fomentou no leste da Ucrânia em 2014 para justificar suas intervenções lá. Autoridades dos EUA e do Reino Unido disseram no mês passado que descobriram planos de golpe para instalar um governo fantoche pró-Rússia.

As táticas ilustram como o presidente russo, Vladimir Putin, pode manter a pressão sobre a Ucrânia sem se transformar em uma guerra mortal que poderia gerar sanções do Ocidente. Autoridades ucranianas dizem que uma campanha de desestabilização é mais provável do que uma invasão em grande escala.

🔵 Acompanhe nosso blog site no Google News  para obter as últimas notícias 📰 aqui
  🔴Reportar uma correção ou erro de digitação e tradução :Contato

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem
–>